Paulo Franke

24 fevereiro, 2014

1. Rumo ao BRASIL...cruzando o Atlântico (introdução)


Quarta-feira, 19 de janeiro de 2014, saindo de casa, para onde nos mudamos no dia 31 de dezembro (edifício ao fundo), na temperatura de 20 graus abaixo de zero, rumo ao Brasil em um dos verões mais fortes das últimas décadas.


Depois de 5 horas de voo pela Air Portugal, do aeroporto de Vantaa, na capital Helsinki, cheguei ao aeroporto de Lisboa, com tempo de somente trocar o voo para São Paulo. A última postagem desta série enfocará a alegria de rever amigos portugueses que não via desde 1978, quando de lá saímos.


A emoção de sempre em ir para o Brasil, minha terra, desta vez com meu novo passaporte, o de cor azul, emitido pelo Consulado brasileiro, vencida a validade do "verdinho". 


Geralmente não me distraio durante o voo com filmes ou ouvindo música, mas entre sonecas, refeições e caminhadas pela aeronave, fico de olho colado no aviãozinho do monitor que vai mostrando o avanço na rota do voo. Aqui, deixando a Europa, rumo ao Brasil.


Chegada feliz e protegida em São Paulo, depois de 10 horas de voo. Esperavam-me o filho e sua familinha; que alegria revê-los!


E esperava-me também um calor atípico de 38 graus! 


Como disse um homem humilde, com quem eu comia um inigualável pastel de feira naquela semana da chegada: "Trocamos a selva de árvores para construir esta selva de pedra, e agora nos queixamos desta fornalha!"

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Em Sampa, cidade amada, onde vivi 17 anos de 5 fases como oficial (pastor) do Exército de Salvação, cumpri o seguinte programa:

- festa linda do terceiro aniversário da netinha, preparada pela nora
- curtindo o netinho "frankinho" que cedeu para o avô o seu quarto
- piscina no prédio de meu filho 
- visita ao edifício da  sede nacional do Exército de Salvação
- saudação aos novos cadetes (seminaristas) em sua sala de aula
- na churrascaria com colegas de quando lá trabalhei 
- reuniões abençoadas nos Corpos Central e do Bosque
- café no shopping com uma amiga que não encontrava há 50 anos!
- revendo a TV brasileira e tirando minhas conclusões...
(visita à cidade de Lins-SP, onde vivem minha irmã e sua família)

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤ 

Há alguns anos, o Brasil me parecia do tamanho do Uruguai, tudo perto e possível de visitar facilmente... hoje, nos meus 70 anos, o Brasil parece um continente, assim não foi possível cumprir todo o programa que havia planejado, que incluía visita a Campinas, São José dos Campos e mesmo ao estado do Rio de Janeiro... aos respectivos amigos desses lugares, e mesmo outros de Sampa, as minhas desculpas; fica para o ano que vem, se Deus permitir.

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤

Próxima postagem, a ser publicada amanhã:

2. Em Punta del Este, Uruguai.

Bem-vindos!

¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤¤


4 Comments:

  • Uauuuuuuuuuuuuu...
    Adaptou-se rápido ao calor? ssrsrsr
    Esperando com muita curiosidade por suas novas impressões sobre o Brasil!
    Bem Vindo !
    aBRaços

    By Blogger Maria Thereza, at segunda-feira, fevereiro 24, 2014 5:25:00 PM  

  • Sei que o forte calor lhe impediu de nos visitar no RJ como programado. Mas foi um prazer enorme termos conversado dois dias durante 01:00hr ou mais, mesmo que por telefone, espero que da próxima, inicie sua rota pelo RJ, pois temos muito assunto para colocar em dia!
    Bem vindo sempre ao Brasil, colega! Por aqui tem muitos aguardando ansiosamente a visita e o aBRaço saudoso do querido amigo!

    By Blogger Yara, at terça-feira, fevereiro 25, 2014 2:52:00 PM  

  • Mais uma vez, obrigada por compartilhar suas viagens!
    Suas narrativas me proporcionaram viajar junto com você, eu adorei!
    Deus o abençoe com muita saúde, pra que possa continuar desbravando esse mundão de Deus ! aBRaços

    By Blogger Gloria Policano, at terça-feira, fevereiro 25, 2014 4:36:00 PM  

  • Maravilha, amigo! Saindo um pouco do extremo frio, hein.. rs
    Só faltou vir à Bahia.

    Sds,

    Anderson

    By Blogger Anderson, at domingo, março 02, 2014 3:37:00 AM  

Postar um comentário

<< Home