Paulo Franke

20 setembro, 2015

5. No Ejército de Salvación em Mallorca... e em uma Fábrica de Pérolas


.



Como de costume quando visito um lugar onde existe minha igreja,
 no domingo estava lá.
E não foi diferente com Mallorca.


Com os dirigentes e seus filhos.



Já combinado com antecedência pelo Facebook, falei em inglês traduzido para o espanhol, pois o Corpo é bilíngue em vista de muitos ingleses morarem há algumas décadas nas redondezas.


Outro casal, ambos chilenos, envolvido no trabalho salvacionista em Mallorca.


Em anos recentes, Portugal e Espanha uniram-se em um só Comando. Na foto, oficiais dos dois países em um retiro espiritual.



No início dos anos 90, outro retiro, quando o casal Samuel e Riitta Eliasen, ela minha cunhada, eram os dirigentes do Comando da Espanha; à direita, o casal Donald e Lorna Hennessey, na época dirigentes do Comando de Portugal, onde trabalhamos por um ano em 1978.



No congresso europeu, realizado em Praga em 2010, os representantes da Espanha eram seguramente os mais entusiasmados!


Nesta Europa das dezenas de línguas, este crachá ajudou-me muito para interagir com as pessoas (e a bandeirinha da Espanha à direita) enquanto em serviço ativo aqui na Finlândia.

_____________________________

Dos primórdios do Exército de Salvação no Brasil.


Nascido em 1827, na cidade de San Juan de Palomos da Catalunha, Palmiro Oliver, na foto com sua esposa Zetta e filhos, converteu-se em 1911 e uniu-se às forças salvacionistas do Corpo de Lausanne, onde morava, e ingressou no Colégio de Cadetes de Berna. Chegou ao Brasil em 1923 e em 1927 casou-se com uma das pioneiras da obra no Brasil. Seus filhos, pelo exemplo contagiante de seus pais, são cristãos devotados.



O Sargento Antonio Ortega, nascido em 19 de janeiro de 1907 em Casalle de la Sierra, na provincia de Andaluzia que fica em Sevilla, chegou ao Brasil em 1914 com 7 anos de idade. Foi um fiel salvacionista do Corpo do Bosque, São Paulo, tendo sido "promovido à glória" no ano de 1996. Foi um homem de Deus que, com sua dedicada esposa, "promovida à glória" na década de 60, guiou seus filhos no caminho do Senhor, sendo uma delas oficial do Exército de Salvacão.

Deus abençoe os descendentes desses dois bravos espanhóis que foram colunas na obra salvacionista brasileira durante muitas décadas!
__________________________


L i n k

Quando no ano passado visitei o ES em Tenerife, abaixo a postagem no. 4 a respeito da bela ilha, que pertence às I.Canárias, inclusive onde aconteceu o maior acidente aéreo, do qual mostro monumentos feitos com os destroços dos aviões que se chocaram... (Veja no índice de todos os meus tópicos as outras postagens):


http://paulofranke.blogspot.fi/2015/01/4-tenerife-en-el-ejercito-de-salvacion.html


__________________

o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o

Durante a semana em Mallorca, ao nos dirigirmos às Grutas (cuevas), nossa turnê parou para visitar uma firma chamada "Majorca Pearls" e conhecer o processo de fabricação de pérolas.







Não tive muito interesse no assunto e fui o primeiro a voltar ao ônibus depois da visita.






As mulheres da turnê naturalmente foram as que demoraram mais na visita.

ö ö ö ö ö ö ö ö ö ö

Ali, sentado em um tronco de eucalíptos, pensei, sim em um lindo hino que cantávamos com a música de "A Valsa da Despedida" (n. 45 do Cancioneiro Salvacionista brasileiro).

A Pérola celeste achei!
Exulta, ó coração,
Vem dar louvores a Jesus
De ardente gratidão.

Coro:

A glória dos mais altos céus
É meu fiel Senhor;
Minha alma canta e com amor
Celebra o Seu louvor!

Ele é o grande Rei dos reis,
O Sol da retidão,
O Príncipe da eterna paz,
Trazendo a salvação,

É meu Amigo e meu Irmão, 
Excelso Redentor,
Meu Advogado e meu Juiz,
Meu terno e bom Pastor.

Meu Protetor e minha luz,
Auxílio em tentação.
Tesouros tenho em meu Jesus,
De graça e perfeição.

Sarah Poulton Kalley (Salmos e Hinos)

_____________________

E no mesmo contexto de pérolas, publico aqui, do "The War Cry" - EUA, por Marlene Chase, um artigo que considero pérola para a nossa edificação espiritual.

O reino dos céus é também semelhante a um que negocia e procura boas pérolas; e tendo achado uma pérola de grande valor, vendeu tudo o que possuia, e a comprou. (Mateus 13:45)



A história da pérola fascina-nos novamente como na primeira vez que a ouvimos. Um grão de areia ou uma pequena parasita introduz-se na concha de uma ostra, ficando preso na delicada membrana que existe entre a concha e o molusco.

Para deter a irritação que o grão provoca, o molusco começa a cobrir o intruso com finas camadas de uma substância brilhante chamada nácar. Ano após ano o nácar vai depositando sobre o objeto até tornar-se uma pérola que às vezes é de grande tamanho. Ao depositar o nácar, os músculos do molusco se expandem e se contraem em um esforço para livrar-se do objeto estranho. Esse movimento faz com que o objeto vá girando e dessa forma o nácar se estende de forma parelha ao redor da pérola em formação, mantendo a sua forma redonda. Um colar de pérolas verdadeiras pode chegar a custar uma fortuna.

Por que Jesus não falou acerca de diamantes ou de alguma outra pedra preciosa ao referir-Se ao Seu reino? Sem dúvida, o fato de a pérola ser o produto de um organismo vivo tem um significado especial.

Devido ao sofrimento suportado pelo molusco é que a pérola preciosa é produzida. Das costas feridas de Cristo nasceu a Igreja. Assim como a ostra cobre o objeto ofensor com uma substância do seu próprio corpo, Cristo cobriu o nosso pecado com Seu sangue precioso, transformando algo maligno em algo belo. Como no final o pequeno grão de areia é revestido de uma formosura alheia, assim nós podemos chegar a ser revestidos com a formosura dAquele que sofreu por nós.

Outra semelhança entre uma pérola e a Igreja encontra-se no fato de a pérola se formar lenta e gradualmente. Há um processo longo e tedioso de espera enquanto a pérola vai-se formando. A morte de Cristo tornou possível a formação da Igreja e por mais de dezenove séculos o Espírito Santo tem estado operante para torná-la uma realidade. Assim como a ostra cobre a ferida no seu interior com capa após capa do lindo nácar, assim em cada geração de homens Deus chama a muitos para serem acrescentados à Igreja que está sendo construída.

Deus observa a ostra transformando o objeto intruso em uma pérola e também observa como a Igreja está sendo formada de forma silenciosa e invisível. Ainda que possamos ver a Igreja organizada, visível, feita de pedra e madeira, nenhum homem pode ver a Igreja do Deus vivo. A nossa "vida está oculta juntament com Cristo" (Colossenses 3:3).

Talvez ao usar esta parábola Jesus estivesse pensando na forma como a pérola, cravada em uma massa de carne corruptível, deve ser separada e purificada para ter aparência pura  formosa e ser um diadema digno de um rei. Enquanto a Igreja de Crito permanece na terra, ela está rodeada de uma massa corruptível, mas o Seu Espírito está ativo e ocupado, purificando a Igreja "para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem rugas, nem cousa semelhante, mas santa e sem defeito" (Efésios 5:27).

Assim como as pérolas adornam a coroa dos monarcas, Cristo Se adornará de Suas próprias pérolas"para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza de sua graça" (Efésios 2:7). Ele será dono de muitas pérolas, mas em Cristo 
cada uma delas será uma pérola de grande preço.

Tradução: Anneli H.Franke



Lt. Colonel Marlene Chase, editor in chief, interviews Captain Ian Campbell, M.D., for War Cry readers.


ööööööö

Nota: Se eu tivesse me lembrado deste precioso artigo, que publiquei quando era editor do Brado de Guerra" do Brasil, em 06/1999, teria sido mais paciente e interessado em observar o fabrico de pérolas na firma visitada.


ööööööö

____________________

Próxima e última postagem sobre a visita a Mallorca:


6... Os "finalmentes" da preciosa visita à Ilha de Mallorca.

____

1 Comments:

  • Sgto Ortega ! Gostei da merecida homenagem! Aprendi muito com ele e seu entusiasmo cristão. Quando ele orava longamente provava ser um homem de compromisso com Deus e não com a programação rígida de horários calculistas.

    By Anonymous danieltbgama@gmail.com, at sábado, setembro 26, 2015 2:05:00 PM  

Postar um comentário

<< Home