Paulo Franke

19 julho, 2007

Equipes SOS: Fokker 100 e Airbus da TAM




Em 31.10.96, participamos, meu filho Aaron e eu, com colegas da equipe de emergência do Exército de Salvacão junto ao acidente com o Fokker 100 da TAM, que caiu sobre diversas casas de um bairro próximo ao Aeroporto de Congonhas.

Nunca imaginaria que, anos mais tarde, uma outra tragédia aérea abalaria o nosso país tendo como pano de fundo o mesmo aeroporto e a mesma companhia aérea...

Eis o meu relato do último acidente:

Muito tem sido noticiado pela mídia sobre o pior acidente da história da aviação brasileira. Muitos comentários, muitas conjeturas, muitos protestos, muita indignação, muita tristeza...

Depois de cerca de 18 horas dentro de aviões para chegar ao Brasil e tirar minhas férias, cheguei ao Aeroporto Internacional de Guarulhos no dia 17.07.07. Lá esperavam-me meu querido filho Aaron e sua esposa Flávia, prestes a ganhar nenê. Muita alegria!

Então, cansado também devido aos fusos horários, fui para o quarto dormir um pouco. Nem conciliara o sono, quando meu filho me chama para assistir ao que a TV anunciava em edição extraordinária: o acidente com o Airbus da TAM no aeroporto de Congonhas. Após tanto tempo dentro de aviões, senti um tanto "na pele" o drama que enlutaria o Brasil.

Sabendo que o Exército de Salvação - igreja e organização a qual pertenço também na Finlândia - precisava de mais voluntários, ofereci-me e logo estava junto aos colegas que trabalhavam arduamente no estacionamento da TAMexpress, na parte de trás do edifício atingido, a poucos metros dos escombros e do cockpit do avião, ainda com os corpos dos pilotos.

Nossa tarefa? Servir lanches, café, refrigerantes, sopa etc. ao pessoal do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil, do IML, da Limpeza Pública e outros que nos procurassem, muitos famintos após horas de exaustivo trabalho.

Dentre o que experimentei e observei é para mim digno de nota:

- O espírito de gratidão do pessoal a quem oferecíamos tão pouco, mas, segundo eles, tanto! A educação, principalmente dos heróicos bombeiros que chegavam sujos, cansados e estressados ao extremo no final de seus turnos, e mesmo assim olhavam-nos ternamente, expressando pelo olhar ou palavras seu reconhecimento para conosco. Recordo-me do que um deles me falou:"Ah, se não fosse o Exército de Salvação!"

- O fato de a nossa tenda estar situada em um local totalmente inacessível à mídia e ao povo, portanto em um lugar escondido, como que "atuando por detrás das cortinas", em uma área totalmente interditada cujas casas haviam sido evacuadas. Não sei ao certo, mas posso imaginar que nenhuma menção foi feita na mídia, apesar de os salvacionistas terem permanecido ali por 24 horas ininterruptas durante vários dias. O importante é que os que foram beneficiados sabem o que fizemos em nome de Jesus, e isso é o que importa. A Deus toda a glória pelo que foi realizado, e nossa gratidão pela energia que deu aos Seus servos para a pequena-grande obra feita com amor e dedicação ao próximo.











A propósito, a pista aumentada do aeroporto da Ilha da Madeira (onde até uma rodovia passa sob ela), uma sugestão para o Aeroporto de Congonhas? ...



Vimos de tudo



Vimos homens e mulheres de capacete, enfrentando o perigo do fogo, da queda dos escombros e da busca dos corpos, que as máscaras apenas amenizavam os efeitos da fumaça e que nenhuma fortuna do mundo compensaria o sacrifício;

Vimos homens e mulheres cansados de macacão, em ambulâncias, na expectativa de prestar os primeiros socorros e encaminhar alguém ao hospital;

Vimos os que isolavam o local a fim de que o trabalho fosse feito com segurança;

Vimos repórteres que buscavam a melhor tomada para informar ao mundo;

Homens e mulheres que carregavam os corpos e que viram o que ficou de uma mãe que se foi agarrada a seu filho;

Vimos a chuva e o frio castigando a todos;

Vimos heróis prestes a pendurar as chuteiras doando-se movidos por algo além da razão;

Autoridades representaram a nação e suas condolências;

Nem mesmo Hollywood com seus magos poderiam produzir com tamanha magnitude tal tragédia e milagre;

Mas o que dizer daquilo que não vimos?

O que dizer dos parentes das vítimas, das mães que não mais verão seus filhos chegarem?

Dos filhos que aguardavam seus pais que jamais vão ver

Se já não é possível falar dos sonhos daqueles que partiram, o que dizer dos sonhos daqueles que tinham suas expectativas atreladas aos que se foram e que viviam em função delas?

Mas algo chamou a atenção: percebemos um grupo de senhoras preparando caixas de alimentos aos heróis; então fomos procurar quem as recrutou, mas a ninguém encontrei;

Perguntei sobre o salário delas, apontaram a fome dos heróis e sorriram;

Indaguei sobre a rendição, ao que responderam: enquanto houver suor e lágrimas;

Procurei por reclamações, ouvi silêncio e vi sorrisos;

Imaginei a carreira e promoção, creio que só na próxima fase da existência;

Então deduzi que suas medalhas e condecorações eram as rugas, veias e a vida gasta em prol da causa;

Quem eram elas? As meninas do Exército de Salvação e todos os voluntários esquecidos dessas lentes egoístas.


Roosevelt Pires da Silva - Terceiro Sargento PM - escalado


Obs.: Os "meninos" do Exército de Salvação também agradecem.



Diante desta tragédia que consternou o país, e diante de tragédias que porventura nos aconteçam


...precisamos de consolo:


Para onde vão os mortos?
Imagine que estamos parados à beira do mar e vemos um navio partindo. Ficamos olhando enquanto ele vai-se afastando, cada vez mais longe, e até que finalmente pareça apenas um ponto no horizonte, lá onde o mar e o céu se encontram, e dizemos: "Pronto, ele se foi!" Foi aonde? Foi a um lugar que nossa vista não alcança, só isto. Ele continua tão grande e tão bonito e tão imponente como era quando estava perto de nós. A dimensão diminuída está em nós, não nele. E naquele exato momento em que estamos dizendo: "Ele se foi", há outros olhos vendo-o aproximar-se e outras vozes exclamando com júbilo: "Ele está chegando!" Isto é a morte. E isto é a vida eterna! (H. Sobel)


...precisamos de proteção:

A oração do viajante
Que possa ser Tua vontade, ó Senhor,
guiar-me em paz
para que eu possa chegar
ao meu destino em segurança.
Protege-me do perigo durante minha viagem.
Ilumina os que direcionam o nosso caminho
pelos céus,
terra e mar.
Que possamos achar favor diante de Ti.
Abençoado és Tu, Senhor,
Que atendes à oração. Amém.


(Oração impressa em um cartão à disposição na sinagoga do aeroporto J.F.Kennedy, em Nova York)

...precisamos crer:

Disse-lhes Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente.

Crês isto? (João 11:25)

8 Comments:

  • Quero parabeniza-lo pela realizaçao de seu blog. Digamos que ainda nao sou uma crista verdadeira, mas ultimamente tem lido muito a Biblia e creio que em futuro serei uma serva de Deus.
    Verdadeiramente li tantos blogs de pessoas nao evangelicas e siceramente no final me dava a te dor de cabeça porque no meu entender tantos querem fazer muito publicidade de si mesmo e e um egocentrismo enorme. Porem quando li seu blog senti uma coisa diversa , uma certa dolcura, uma paz e me emocionei sobretudo com seu exemplo de vida e tambem de sua mulher.Obrigada por dividir tanta coisa bela conosco . Gostaria de saber se existe o exercito da salvaçao em Juiz de fora - Mg
    No momento estou em Roma , mas em dezembro me transferiro a juiz de fora.
    O acidente da Tam e uma situaçAo lastimavel o que comprova que a cada devo nos avizinar mais de Deus para encontrar meios para sobreviver a este mundo com tantas problemas.
    Saudaçoes

    Cristiane Ferreira Silva
    email: aguaviva272003@yahoo.com.br

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, julho 26, 2007 4:33:00 PM  

  • Paulo, infelizmente temos que passar por essas situações muito chocantes, mas como dizia meu pai, são chamados coletivas ecom certeza essas pessoas todas estão amparadas. Então, só nos resta fazer preces para que os familiares consigam superar esse momento e ajudá-los como vcs fizeram. Que bom que estavas já no Brasil, pq és muito importante. Um beijo e que tudo corra bem com Anely e todos vcs.

    By Blogger Clarisse, at quinta-feira, julho 26, 2007 4:39:00 PM  

  • Olá Franke.

    Realmente foi muito triste o que aconteceu. Eu também participei do trabalho alí no local do acidente. Também pude ver e ouvir as expressões de agradecimento dos Bombeiros e de outros envolvidos com o trabalho nos escombros, pela presença e atuação do Exército de Salvação. Que Deus conforte as famílias tão drasticamente envolvidas. Fleury

    By Blogger ilaide, at sábado, julho 28, 2007 2:32:00 AM  

  • Ola, Paulo, muito obrigado pelo comentario e fotos da ajudad prestada pelo Exercito da Salvacao apos o desastre de Congonhas. Seu trabalho serviu de grande testimonio do amor de Cristo. Como norte americano que sou, diria tb. que existem muito parecido com nosso desastre de 11 de setembro, 2001 em New York. Meus parabens pelo exemplo de amor cristao. God bless you.

    Mike Yoder, Iowa, USA

    By Blogger Mike, at segunda-feira, agosto 06, 2007 4:42:00 PM  

  • Paulo,

    Que dizer de tanta dedicação?
    Deus lhes pague!!!!
    Obrigada por existir!

    Abraços,
    Gloria Policano

    By Anonymous Anônimo, at segunda-feira, agosto 06, 2007 5:11:00 PM  

  • Paulo,

    Obrigada por compartilhar sua intimidade conosco. Saiba que a mim tuas palavras foram de grande benção. Louvo ao Deus Eterno por ter me dado a grande oportunidade de conhecê-lo pessoalmente. Ao saber do sucesso da operação de sua esposa, gritei: OH GLÓRIA!! Espero que a alegria do nosso Senhor Jesus Cristo continue sempre em seu lar.
    Abraços a todos.
    Eliana Nogueira

    By Anonymous Anônimo, at segunda-feira, agosto 27, 2007 8:01:00 PM  

  • QUERIDO PAULO,
    AS NOTICIAS DO ESTADO DE SAÚDE DE SUA ESPOSA, DO NASCIMENTO DE MAIS UM SER ILUMINADO ME COMOVERAM BASTANTE...TENS O DOM DE FAZER OS SENTIMENTOS SE TORNAREM PALAVRAS SEM PERDEREM SUA ESSÊNCIA.
    TEU RELATO DO ACIDENTE DA TAM ME EMOCIONOU TAMBÉM E MUITO...ESSA DISPOSIÇÃO E DESAPEGO QUE FAZ COM QUE PESSOAS DE FÉ SE UNAM E TRANSFORMEM MOMENTOS DE DOR, EM DOAÇÃO ATRAVÉS DO AMOR AO PRÓXIMO.
    UM GRANDE ABRAÇO.
    >>>E O RIO GRANDE DO SUL, TUA TERRA ESTARÁ AQUI TE ESPERANDO, TUA MISSÃO FOI MAIOR NESTA PASSAGEM PELO NOSSO BRASIL !!!!

    JÚLIA MASSON - PORTO ALEGRE - RS

    By Anonymous Anônimo, at quarta-feira, agosto 29, 2007 7:01:00 PM  

  • Estimado Franke,
    Obrigado pelos comentários com relação à emergência com o avião da
    Tam.
    Ficamos felizes, que o Exército de Salvação, através da Divisão de SP pôde realizar este trabalho, para honra e glória do Senhor Jesus.

    Continuamos a interceder por sua querida espôsa. Um abraço,

    Márco Mendes - Major
    Divisão SP

    By Blogger marcio, at quarta-feira, agosto 29, 2007 9:16:00 PM  

Postar um comentário

<< Home