Paulo Franke

09 junho, 2007

Ritva ANNELI Hämäläinen Franke


A Bíblia diz: Dai a cada um o que é devido:... se honra, honra. (Romanos 13:7)

Como meu blog-álbum enfoca experiências marcantes de minha vida, creio que cabe aqui este depoimento sobre a mulher com quem estou bem casado há 34 anos.
No meu coração jovem acalentava o sonho de casar-me com uma moça loura e, de preferência, bonita... Quando a encontrei pela primeira vez, em 1972, eu sabia que ”era ela”!

Ambos jovens oficiais (pastores) do Exército de Salvação/The Salvation Army, eu trabalhava em São Paulo e ela em Nova York. Um dia, de surpresa, visitou seus pais, David e Martta Hämäläinen - missionários finlandeses que foram para o Brasil em 1953, quando ela contava 5 anos de idade – e assim nos conhecemos. ”Nasci em 1948, no mesmo ano da fundação do Estado de Israel!”, sempre comenta. Tem quatro irmãos: Riitta, que vive nos USA, Markus, que vive na Finlândia, Lys e Aila, que vivem no Brasil. Sentindo o chamado para seguir os passos dos pais missionários, Anneli já viveu em 5 países e em 49 casas.




Casamo-nos em setembro de 1973 e tivemos três filhos: Deborah Aira (1974), Martta Ritva (1975) e Aaron Paulo (1979), hoje casados com Rodrigo, Leandro e Flávia, respectivamente. Poderia escrever um longo texto sobre nossa vida de casados e sobre o ministério que compartilhamos - em diversas cidades brasileiras, em Portugal, nos Estados Unidos e, há 8 anos, na Finlândia, sua terra natal. - mas quero destacar de fato a pessoa da Anneli, companheira fiel, sábia e auxiliadora, mãe exemplar e avó amorosa (muito em breve nascerá o nosso sexto netinho!). Minha saudosa mãe admirava a forma como ela educava nossos filhos, ensinando-os a ler a Bíblia em português e em inglês e sendo firme para que cumprissem suas horas de estudo, inclusive de piano.





Embora conheça a experiência de viajar desde tenra idade, por terra, mar e ar, não gosta de ”fazer turismo”, no que diferimos bastante. Está sempre pronta, no entanto, a viajar quando o ministério salvacionista o exige. Seus olhos verdes brilham quando vê sinal verde para visitar as filhas que vivem neste país e, naturalmente, nosso filho Aaron no Brasil. Gosta de viajar, sim, como típica finlandesa, dentro de livros, às vezes com um ou dois ”em andamento”. A Bíblia completa ela não revela quantas, mas sei que já leu, de capa a capa, diversas vezes. Fala com fluência 5 idiomas: o português (sem nenhum sotaque), o inglês, o finlandês, o sueco e o espanhol, sendo muito útil também como tradutora e intérprete no trabalho do Exército de Salvação, uma igreja e organização que opera em 111 países. Tem ido à Noruega e Suécia para interpretar seminários e conferências para colegas finlandeses. Com o mesmo propósito, visitou também a Rússia (Moscou) por ocasiäo da visita do então General John Gowans.




Com o Vice-Presidente Marco Antonio de Oliveira Maciel e o Embaixador Luiz Henrique Pereira da Fonseca.

Da ”galeria VIP” de minha esposa constam nomes como o do ex- Vice-Presidente Marco Maciel, cuja palestra interpretou para o finlandês em uma reunião comercial Brasil-Finlândia, realizada em Helsinki em 2003; o da Rainha Elizabeth II, que viu passar e acenar quando morava em Londres; o de Jacqueline Kennedy, ao vê-la passar na Quinta Avenida, quando morava em Nova York; o do ex-Presidente Ahtisaari (a quem perguntou se achava difícil ser presidente); o da atual Presidente, Tarja Halonen, etc. Gosta de contar que certa vez no bonde sentou-se um tanto perto do marido da Presidente e, chegando o inspetor, como cidadão comum ele precisou mostrar o bilhete que comprovava que pagara a passagem, do contrário pagaria multa. Esse é o país onde nasceu e onde vivemos, sempre no rank em primeiro ou segundo lugar entre os menos corruptos do mundo, embora, naturalmente, não isento de problemas sociais (a Finlândia será um tópico em breve neste blog).



Nas três fotos à esquerda, sua visita a Uusikaupunki/Nystad/Nova Cidade, onde nasceu (em uma igreja do Exército de Salvação onde seus pais eram pastores).

Como descrever a Anneli? Algo que muitas vezes me surpreende é o fato de que, apesar de ter vivido somente 1/3 de sua vida no país em que nasceu, possui um temperamento e traços na sua personalidade genuinamente finlandeses: extremamente honesta, meticulosa, determinada, disciplinada, trabalhadora incansável, podendo ser também reservada, jamais jactando-se de si mesma.

É uma pessoa consagrada a Deus e ao Seu serviço (tem uma voz forte e linda ao cantar), dedicada à família e que não mede esforços ao ser prestativa aos seus filhos, mesmo casados, e também à sua mãe, Dona Martta, viúva, a qual depois de viver 50 anos no Brasil decidiu mudar-se para a sua terra natal, aos 80 anos de idade.

Trabalhando sempre ”ombro a ombro” comigo, participou do livro de meditações que escrevi que cobrem o ano inteiro. É, portanto, autora de 17 meditações. Abaixo, transcrevo uma delas que a meu ver traduz a bênção de Deus sobre sua vida, bênção essa que se tem estendido de geração em geração.

Meditacão: MINHA AVÓ FINLANDESA

Versículo do dia: ...pela recordação que guardo de tua fé sem fingimento, a mesma que primeiramente habitou em tua avó Lóide (2 Timóteo 1:5).

No Salmo 24:6, lemos: Tal é a geração dos que o buscam, dos que buscam a face do Deus de Jacó.

Minha avó paterna faleceu durante a Segunda Guerra Mundial. Não cheguei a conhecê-la pessoalmente, mas muitas recordações suas foram passadas adiante para nós. Ela era uma mulher humilde, casada com o conhecido ”homem forte da Carélia”, na Finlândia. Seu primeiro filho faleceu aos dois anos, afogado, e depois teve mais sete filhos e uma filha.

Um traço marcante em minha avó era o fato de ser uma mulher que buscava a face de Deus. Orou com perseverança durante vinte anos por seu marido até vê-lo clamar a Deus por salvação e libertação do alcoolismo. Cinco de seus filhos lutaram na guerra e nenhum foi ferido ou morto. Ao falecer, minha avó encontrava-se de joelhos diante da Bíblia aberta e das cartas vindas de seus filhos na frente de batalha. Cinco deles tornaram-se mais tarde oficiais/pastores do Exército de Salvação.

Nem todas as famílias estão a par da vida de oração e fé de seus antepassados, no entanto nós os que viemos após eles colhemos em nossas vidas as respostas dessas orações.

Se não fomos mais longe no caminho do erro... se a nossa vida foi poupada... se o Espírito Santo de Deus nos buscou... foi porque tais pessoas encheram as ”tacas de ouro cheias de incenso, que
são as orações dos santos” (Apocalipse 5:8).





Acima, com nossos 3 filhos: Deborah, Martta e Aaron


Antes de ir para o Brasil, em um grupo de escoteiras-mirins chamado "Raios de Sol".

Abaixo, com sua mãe e irmãs em Nova York.


























L I N K


Julho-Agosto = Júbilo-Desgosto

Neste tópico conto da doença de minha esposa.

Atualizando em dezembro de 2011, com satisfação digo que ela vai muito bem, visitando seu médico a cada ano e trazendo a todos nós muita satisfação e gratidão a Deus!

http://paulofranke.blogspot.com/2007/08/julho-agosto-jbilo-e-desgosto.html


________________

A conversão marcante de seu avô:

A história do homem forte da Carélia (1 e 2)

Imperdível!

Procure no

"Índice de todos os meus tópicos".

________________

14 Comments:

  • Ola amigo vc cada vez nos surpreede com algo fantastico ,creio que todas as mulheres que lerem o que vc escreveu sobre a Anneli,vao ficar assim como eu :sentindo que ainda existe homens que sabem valorizar a mulher e fazendo de forma tao real seu amor transcender atravez das palavras .Que Deus abençoe voces dois e os familiares .Parabens Anneli pelo amor lindo que vc soube cativar econservar .Ruth Suely.

    By Blogger ruth suely, at sábado, junho 09, 2007 8:54:00 PM  

  • Com certeza, nao desmerecendo os outros topicos, este realmente vai ser o mais lindo.E a homenagem, mais sublime e emocionante, que eu ja pude ver.Ate porque sincera.O homem, que valoriza sua esposa, merece todo o respeito e admiracao.Parabens a voce, e a sua esposa tambem.Abracos. Josiane Wichinieski

    By Anonymous JOSIANE WICHINIESKI, at sábado, junho 09, 2007 10:34:00 PM  

  • oi Major...
    Lindo tópico. A major já havia me contado parte de sua história em uma de nossas caminhadas pra creche do Chris e do Ian quando ela estevi aqui Mas foi otimo ler o seu tópico e conhecer mais vcs. Parabéns pelo relato muito lindo e que mostra um amor lindo de tanto anos.. pra nós que estamos só no começo do casamento podemos ter um exemplo de amor verdadeiro e anos de companheirismo como vocês dois. Deus continue abençoando vocês. abraços

    By Blogger Fabiana, at domingo, junho 10, 2007 11:04:00 AM  

  • Parabéns, Paulo. Que Deus abençoe essa feliz união por todo o sempre!
    aBRço do
    Vitor

    By Blogger Vitor Rolf, at domingo, junho 10, 2007 2:00:00 PM  

  • Obrigada! Kiitos! Tack! Thanks! Merci! Gracias!

    By Blogger anneli, at domingo, junho 10, 2007 9:10:00 PM  

  • Paulo,
    linda homenagem, parabéns a vc e a sua esposa Anneli, vcs sao uma familia muito abençoada, interessante o trecho que vc fala sobre a crença dos antepassados, cada dia percebo mais a importancia de seguir os princípios de D'us.
    Sua história é uma linda e verdadeira história de amor.
    Chibukim amigo.

    By Blogger phillip, at segunda-feira, junho 11, 2007 4:21:00 AM  

  • Agradecemos aos comentários sobre este meu último tópico. Como tenho senso de humor bastante agucado (ponha-se a cedilha), permitam-me acrescentar isso, com o devido eheheh:
    "Atrás de um grande homem existe uma mulher... estressada!"
    Só piada, pois se existe um marido que não tem uma mulher estressada, este marido sou eu. E o "grande homem", onde está mesmo?? Gosto do meu nome que significa pequeno, diminuto!!
    Obrigado, amigos, +1x!!

    By Blogger paulofranke, at segunda-feira, junho 11, 2007 10:15:00 AM  

  • Major, mais um grande artigo! Afinal, para uma grande mulher, nada menor do que um grande artigo!

    Parabéns a vocês pela vida de testemunho vivo!

    Abracos,

    Tiago Luchini

    By Anonymous Tiago Luchini, at segunda-feira, junho 11, 2007 12:15:00 PM  

  • Linda homenagem. Sua esposa deve ser mesmo muito inteligente e amorosa, isso é muito bom. Um feliz dia dos namorados atrazado para os dois :)
    Forte abraço!

    By Blogger Sika, at quinta-feira, junho 14, 2007 2:33:00 AM  

  • Oi Capitão Paulo Franke, visitei agora o seu blog e li o depoimento que faz de sua esposa, antes de saber que ela está com um tumor no cérebro, vi as fotos, e quero parabenizá-lo pela linda e amorosa esposa que Deus lhe deu!
    Sente-se o amor e admiração que une a ambos e rogo ao Pai celestial que cerque a ambos com Seu amor e proteção infinitos. Suplico ao Pai que cerque a Anelli "por detrás e por diante e sobre ela coloque a Sua mão", que breve, muito breve, ela esteja completamente curada para testemunho da fé que ambos têem no nosso Salvador. Aproveito tbém para enviar meu carinho e um beijinho ao neto que está nascendo hoje. Que Deus lhe dê vida longa, saudável e sempre no Caminho do Senhor Jesus. Deus os abençoe grandemente para Honra e Glória d'Ele. Amém! Beijos.

    By Blogger Rosalina, at quinta-feira, julho 26, 2007 3:10:00 PM  

  • Lindo, amoroso e comovente, muita luz irradia esse amor.
    Parabéns aos dois e toda a paz do mundo. Com carinho,
    Tânia Cox

    By Anonymous Tânia Cox, at sábado, julho 28, 2007 4:47:00 PM  

  • Amigo,depois de tudo que li,só posso te dizer que descem anjos do céu para a nossa felicidade.E embora a vida nos pregue algumas peças estamos sempre amparados por nosso Pai misericordioso.Que vocês continuem se amando e dando esse amor como Cristo ensinou.Muita Paz.

    By Blogger Maria Alice Telas., at terça-feira, agosto 28, 2007 8:47:00 PM  

  • Major Paulo!

    Estou na Finlandia e gostaria de entrar em contato contigo.

    Pastor Marcelo Lopes

    (esposo da Anna Korkman Lopes)

    marcelo.anna@gmail.com
    Tel: 698-3161

    By Blogger Pastor Marcelo, at segunda-feira, agosto 11, 2008 8:49:00 PM  

  • Uma cristã notavel foi a tua avó, Anneli! Neiva

    By Anonymous Anônimo, at quinta-feira, março 13, 2014 11:56:00 PM  

Postar um comentário

<< Home