Paulo Franke

01 janeiro, 2009

Os dramáticos últimos meses e dias de ANNE FRANK

Revista do Exército de Salvacão (Leger des Heils) na Holanda que publicou um artigo sobre "O Diário de Anne Frank".


No ano de 1966, trabalhando perto de um dos nossos orfanatos que recolhia papel e os revendia, de repente ao visitar a oficina vi uma revista Life em espanhol que anunciava um artigo que, por enfocar Anne Frank, me chamou a atencão. Recortei-o e tem estado comigo todos esses anos. Há pouco tempo decidi "publicá-lo" no meu blog, na íntegra, no caso "escaneado" da própria revista. Para alguns caros leitores certamente ler o texto em espanhol poderá ser um problema, embora creia que para muitos será algo fácil ou então um desafio do tipo "se não entender uma palavra, o sentido da frase será captado". Assim espero. Por outro lado, esclareco que pelo Google tomei conhecimento de que há um livro em português chamado "No rastro de Anne Frank", traduzido do inglês The Footsteps of Anne Frank, da autoria de Ernest Schnabel, de onde o artigo abaixo foi extraído.

*
Epílogo de un drama: la muerte de la heroina.

Testigos relatan que Anne Frank, cuyo diario conmovió al mundo, se mantuve firme hasta morir.

por Ernst Schnabel








Arrojando los papeles de Anne, su diario de cuadros e notas, un agente

vacía una cartera ante los Frank. Estes dibujos son de Tom Allen.












Regalos forzosos dan los presos a los guardas en las estaciones
en el viaje a Auschwitz. Un agente de las SS exige dinero y cosas de valor.








Desnuda bajo un reflector, Anne es examinada
para ir con Margot (derecha) a Bergen Belsen.
Al fondo otras mujeres esperan su turno.




Robando alimentos - galletas, azúcar y sardinas
- una mujer se los lleva en una chaqueta
todo el regalo de Lies (al fondo) para Anne (en el suelo).





Volviendo al escondite después de la guerra, Otto Frank
se encuentra ante mudos recuerdos de Anne: retratos de
estrellas de cine e una bata.


_________________________


L i n k s:
.

À direita ao acessar o meu blog, acesse o ´"INDICE DE TODOS OS MEUS TÓPICOS" e procure os artigos relacionados, de minhas visitas aos locais onde viveu, por onde passou e onde morreu
Anne Frank:
.
Setembro 2006 - O Museu Anne Frank em Amsterdam (+ fotos da casa onde nasceu).
Julho 2008 - De trem pela Europa - Bergen-Belsen (Alemanha) onde morreu.

Agosto 2006 - Campos de concentracão Auschwitz-Birkenau (Polônia) por onde passou.

No mesmo índice, diversos tópicos sobre o tema Holocausto.
.
O YouTube a que se refere o autor no início do artigo:
.
.
Outros YouTubes que enfocam Anne Frank:
.
.
.
.
.
.
.


Um jornal salvacionista da década de 80 publica a nossa montagem de "O Diário de Anne Frank" em São Paulo. Na estréia compareceu um sobrevivente de Auschwitz.

____________


Próxima postagem:

Foz do Iguaçu e Niagara Falls - a licão das águas

4 Comments:

  • Sinceramente Sr. Paulo, não sei como dizer-lhe Feliz Ano novo! Talvez o conhecimento de tais fatos nos leve a não mais permiti-los, espero do fundo do coração. Mas sei que a vide continua e muitos por outros lugares, estão sofrendo ou sofreram tal como ela. Como sabê-lo? Conhecimento?
    Sempre me sinto inebriada com seus relatos e palavras, agora, no entanto, sinto uma grande tristeza. É difícil levar a vida a diante sabendo do que o ser humano é capaz! Como a linha da civilidade é fraca e fácil de transpassar. Podemos nos tornar animais incontroláveis com tamanha facilidade, isso me assusta! Acredito que a religião nos ampara e nos concede o dever de pensar e se manter, digo , na linha. Eu não sei.
    A história de Anne Frank foi muito marcante na minha infância. Fez-me ver que nem sempre podemos ter SEMPRE amigos! Que lidamos com muitos tormentos interiores, preconceitos e ressentimentos. Mas, o que mais marcou foi que, apesar de tudo, ela manteve uma amabilidade sobre humana! Infantil e angelical o tempo todo! Nas fotos vê-se que não aparecem traços de maldade em sua face, apenas sorrisos e amabilidade!
    Sou Maria Inebriada, uma leitora quase freqüente de seu blog. Sempre fico, como já mencionei, inebriada com seus relatos. Sendo assim, pelo que sempre sinto em seu blog, posso lhe dizer: Feliz Ano novo para o Senhor e sua querida Família!!! Que no ano que chegamos possamos entender, ajudar, acolher, compreender, compartilhar, amar e solidarizar muito mais do que no ano de 2008. Este será o nosso presente para o ano. E teremos que fazer com que ele seja o maior e mais forte luzeiro para o mundo.
    Vamos basear somente em um sentimento, o mais forte de todos: AMOR!
    Feliz Ano novo Mundo!!!
    Um grande Abraço!
    Maria Inebriada

    By Anonymous Anônimo, at sexta-feira, janeiro 02, 2009 3:10:00 PM  

  • Paulo o que dizer após uma postagem tão tocante como a do Anonimo acima....faço dela as minhas palavras e agradeço meu amigo a mais um acesso a fatos sobre Anne que se não fosse sua boa vontade nunca teríamos esse acesso....que apreensão ao ler esta reportagem ...foi oque senti que vontade de sabermos mais e mais sobre essa menina de aparência tão frágil mas por dentro quase um gigante de vontade de viver...
    Meu amigo que em 2009 Deus possa continuar inspirando e direcionando seu lindo blog...que é um presente para seus leitores....Feliz 2009 meu amigo!

    By Anonymous evelize, at sábado, janeiro 03, 2009 5:57:00 AM  

  • Amigo Paulo,

    Obrigada mais uma vez por dividir esses fatos inéditos conosco, aos 11 anos lí o diário de Anne e sua coragem diante de fatos dantescos sempre me impressionou, mas é muito doloroso lembrar como bem disse o anônimo que existem animais monstruosos em forma de seres humanos, a única coisa que consigo fazer é perguntar...POR QUE???

    By Blogger deborah, at sábado, janeiro 03, 2009 11:19:00 PM  

  • Anonimo disse:

    Achei legal a materia no seu blog sobre Anne Frank, não consegui entender muitas coisas; tem um tempo eu assisti a um filme, "ESCRITORES DA LIBERDADE", que fala sobre educação, e um dos livros apresentados aos alunos era o diário de Anne.

    By Blogger paulofranke, at quinta-feira, janeiro 15, 2009 2:02:00 PM  

Postar um comentário

<< Home