Paulo Franke

03 janeiro, 2015

5. TENERIFE... o Maior Acidente Aéreo da História (FINAL)


Em março de 1977, ocorreu o maior desastre da aviação em operação ordinária, considerando o número de passageiros mortos. Dois Boeings 747, um da KLM com 234 pessoas e o outro da Pan Am com 380 pessoas colidiram em solo quando taxiavam para decolagem no Aeroporto de Tenerife Norte (na época chamado de Aeroporto de Los Rodeos), na ilha de Santa Cruz de TenerifeEspanha. Causaram o desastre, erros na comunicação entre pilotos e controle de tráfico, o nevoeiro na hora da decolagem e o congestionamento de aeronaves no aeroporto. Apenas 61 pessoas sobreviveram nessa que é até hoje a maior catástrofe da aviação comercial, com 583 passageiros mortos. (Com agradecimentos à Wikipedia)

Video dublado para o português sobre o maior acidente aéreo da história da aviação comercial, em Tenerife...
Depoimento do comandante da PAN AM, que sobreviveu ao desastre:


__________________________________________

Quando fui a Santa Cruz visitar o Ejército de Salvación (postagem anterior), ao mencionar o grande acidente, o tenente prontamente levou-me a monumentos ligados à catástrofe na cidade. Segundo ele, são monumentos erigidos a partir de destroços dos Jumbos 747 envolvidos na tragédia.







Pela pressa, por estar mal-estacionado, não me recordo exatamente do que se trata o acima, na cidade de Laguna.


Então, quando fui ver os salvacionistas atuando na campanha de Natal, em Puerto de la Cruz, tomei o ônibus que passaria pelos dois aeroportos internacionais da ilha antes de chegar à cidade (postagem anterior).


Passando no Aeroporto do Norte, em cuja pista aconteceu o choque entre os dois Jumbos, tirei apressadamente algumas fotos do interior do próprio ônibus.


Penso se não será a da direita a torre de controle da época do acidente, uma vez que se assemelha com a da primeira foto que enfoca os destroços dos aviões.


Na época o aeroporto era chamado de Los Rodeos. Assim, conheci rapidamente o local, mas ao conversar com habitantes naturais da cidade ouvi algumas histórias esparsas do que aconteceu naquele dia fatídico e nos dias que se seguiram.

_____________________________

F I N A L

The last but not the least...

1



Aquele acidente, a respeito do qual já li bastante em outros tempos, ocorreu quando estávamos visitando as Bahamas, a convite dos amigos John e Christine Fisk... Um tanto preocupado ou quem sabe com um certo receio, no dia seguinte ao mesmo, eu  embarquei com a família para a Jamaica, viajando pela primeira vez em um gigantesco Jumbo...

2




Nas primeiras vezes em que visitamos o Brasil desde a Finlândia utilizamos a IBERIA, linhas aéreas espanholas, cujo escritório ficava a um quarteirão de onde vivíamos no centro de Helsinki (foto que tirei do aeroporto de Madrid).



Durante três vezes em que viajamos pela IBÉRIA adotei uma tática toda ao meu modo... Eu tomava sozinho o primeiro avião de Helsinki, cedo pela manhã, e ia passear em algum destino na Europa para encontrar a Anneli tarde da noite no aeroporto de Madrid e de lá seguirmos juntos, no voo da madrugada do dia seguinte para São Paulo.

Pelo pouco tempo de que dispunha, embarquei em um ônibus de turismo e conferi as belezas da capital da Espanha, inclusive passando pelo famoso Real Madrid.


Em outra vez, viajei cedo Helsinki-Barcelona - aqui, na Catedral da Sagrada Família - e de lá dirigi-me até Madrid para pegar o voo da madrugada para São Paulo.


Na terceira vez, viajei Helsinki-Frankfurt-Madrid e lá fiz um turismo rápido pela parte velha (reconstruída) da cidade alemã...



... com tempo de tomar um ônibus urbano e ir a uma determinada rua indicada em um depto. de turismo... e fotografar a casa onde nasceu Anne Frank, a menina judia que se escondeu no Anexo Secreto com sua família, assunto farto no meu blog (veja "Índice de todos os meus tópicos", assinalando a palavra-chave, Anne Frank). De Frankfurt, novamente Madrid para tomar o voo para o Brasil na madrugada.

3

Considerações finais...

Se considerar que visitei Madrid e Barcelona somente por poucas rápidas horas, a visita a Tenerife, nas Ilhas Canárias, onde passei uma semana, significou o maior tempo em terras espanholas.

A língua espanhola, no entanto, vem sendo familiar ao longo de minha vida... como criança nosso rádio "pegava" tanto as emissoras uruguaias quanto as brasileiras, em igual proporção, que me recorde, por viver no sul do Rio Grande do Sul. Adulto, visitei Puerto Rico-USA, México (ver terremoto do México no "Índice", grande experiência!), Paraguai, mais cidades gaúchas fronteiriças com o Uruguai, Rio Branco e Rivera e Passo de Los Libres, na Argentina... No ano de 2014, finalmente, Punta del Este, Montevidéu e Buenos Aires, capital argentina que me impressionou por sua beleza! E agora a magnífica TENERIFE!

4






Durante a montagem deste post, assisti pela CNN, em "Breaking News", a notícia de que 46 membros de uma só igreja evangélica morreram no recente desastre da AIRASIA, ao viajarem para passar o novo-ano em Singapura. Que Deus os tenha!

Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras.

(Apocalipse 20:13)

5



E a linda foto do bom amigo conterrâneo, Tarso Benemann, serve-me para simbolizar a volta de Tenerife à Finlândia. 
Gracias, hermano! 
E gracias a Dios pela nueva oportunidad de conocer Su mundo encantador! Sin olvidar de mencionar la "h€rança", que me hace possible estas lindas viajes.

______________________________
L ~ I ~ N ~ K ~ S
a todos os posts da viagem a Tenerife:

4 Comments:

  • Amigo, uma das vantagens de estar de estar conectado ao Face, é ter o privilégio de acompanhar suas interessantes postagens, acessando seu blog. A propósito, já vi sobre isso, em um Documentário no Discovery, sobre Acidentes Aéreos.

    Ezequiel de Cristo

    By Blogger paulofranke, at sábado, janeiro 03, 2015 3:07:00 PM  

  • Uma emoção ler essa postagem, meu amigo.
    Você, um baú de histórias... Obrigado por sempre compartilhar conosco passos em palavras e imagens.

    P.S: Adorei a foto da sua esposa, com as crianças, antes de embarcar no avião.

    Um abraço!

    By Blogger Anderson, at sábado, janeiro 03, 2015 5:49:00 PM  

  • Enfim consegui tirar um tempo pra ver teu blog! Mto interessante! Fotos e viagens bacanérrimas! Acredita q trabalho há 8 anos na Ibéria e ainda não conheço a Espanha?! Abraços, Valéria :-)

    By Anonymous Anônimo, at quarta-feira, janeiro 07, 2015 3:59:00 AM  

  • Oi Paulo
    Vi as fotos. Fica uma saudade destes tempos.
    Parabéns com o teu blog e como consegues manter tantas fotos de um tempo passado em tantos diferentes lugares e épocas.
    Grande abraço do primo
    Tui

    By Blogger Jartur Avila, at terça-feira, janeiro 13, 2015 3:17:00 PM  

Postar um comentário

<< Home