Paulo Franke

03 março, 2010

Dois filmes FIN/BRA que não ganharam o OSCAR!

A propósito da entrega do OSCAR 2010...

Introdução


Walt Disney recebeu o Oscar pela criação de Mickey Mouse em 1932.


Na única vez em que visitei Los Angeles-CA, no meu caminho para a Austrália, em dezembro de 1981, além de Hollywood, a capital do cinema, quis visitar a sonhada Disneylândia. Sonhada porque quando menino eu colecionava a revistinha Pato Donald e participei de um concurso cujo prêmio era uma visita ao recém-construído reino encantado de Disney. Bastava que comprássemos um brinquedo da marca Estrela, colássemos o símbolo recortado da fábrica em um cupom e enviássemos a São Paulo, o que fiz, cheio de esperança de vencer. Pouco tempo depois, a revistinha em quadrinhos trouxe na página central a foto do vencedor, um rapazinho chamado Adalberto, de São Paulo Que inveja tive dele que vi nas próximas edições da revistinha passeando na Disneylândia, "no meu lugar"...




A atriz-mirim Shirley Temple entregou-lhe o Oscar e 7 miniaturas do mesmo pelo desenho "Branca de Neve e os 7 anões", em 1938.


Na Disneylândia, "enfim", senti muita saudade de meus três filhos pequenos, e não curti devidamente a visita por essa causa, passeio-sonho de meu tempo de menino. Resolvi então ir à Montanha-Russa do Espaço em busca de algo eletrizante que elevasse o meu entusiasmo em baixa, agravado pelo fato de que não os veria nos próximos dois meses e meio enquanto na longínqua Austrália.


E assim, pela primeira vez na vida, em uma sala-museu da Disneylândia,"vi com meus próprios olhos" uma estatueta da Academia de Cinema de Hollywood, um dos 22 OSCARS que Walt Disney recebeu, tendo sido candidato 59 vezes. Foi o cineasta mais premiado com estatuetas da história do cinema.

Hoje eu penso se o sentimento de inveja infantil que tive do menino vencedor não é "parente" dos sentimento de inveja, injustiça ou o que for que candidatos ao OSCAR sentem quando o nome de outro é anunciado como o vencedor, ainda que, profissionais na arte de representar, disfarcem o seu real sentimento?

Nota: A inveja, segundo a Bíblia, está na lista das "obras da carne": Ora, as obras da carne são conhecidas, e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e cousas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como outrora já vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam (Gálatas 5:19-21) - E logo a seguir a lista de "frutos do Espírito", os quais devemos cultivar em nossa vida.



OscarOscarOscarOscarOscarOscarOscarOscarOscarOscarOscar



The Man Without a Past (O Homem Sem Passado), título original finlandês do filme, Mies Vailla Menneisyyttä, do diretor Aki Kaurismäki, ganhou o prêmio no Festival de Cannes e foi candidato ao OSCAR na categoria de o melhor filme estrangeiro, em 2003, mas não o ganhou. Foi o primeiro filme finlandês candidato ao OSCAR da Academia de Cinema. Incrivel, um filme que retrata o Exército de Salvação (Pelastusarmeija)!


Não sou crítico de cinema, pois pouco assisto a filmes atualmente, no entanto, mesmo que o filme tenha sido muito apaudido na época, não posso dizer que o apreciei. Ainda que os uniformes tivessem sido emprestados do Exército, portanto autênticos, muitos lances da história definitivamente não correspondem à realidade salvacionista.



Kati Outinen e Markku Peltola fazem os papéis principais do filme.

Certa vez minha esposa estava fazendo um trabalho trajando o uniforme salvacionista em um shopping-center e Kati Outinen passou por ela, olhando-a sem cumprimentá-la ou sem ao menos dar um leve sorriso, o que achei um tanto estranho já que ficou conhecida mundialmente vestindo um uniforme como Anneli usava naquele momento.

E outra vez vimos Markku Peltola em uma festa promovida pelo Exército, e o achamos simpático. Meses depois o encontramos em um bonde e estranhamos o seu péssimo estado. Não demorou muito ouvimos a notícia de que "o homem sem passado" morrera. Um ator de futuro destruído pelo vício do álcool.

Mikka Kaurismaki, irmão de Aki e também cineasta, vive no Brasil, país que ama. Há alguns anos vimos pela TV um documentário que fez sobre música popular brasileira, tendo viajado 4000 km para gravar ritmos da nossa terra.



Anneli, juntamente com outros colegas salvacionistas, - inclusive alguns que participaram do filme - foram convidados para a pré-estréia na capital Helsinki.


OscarOscarOscarOscarOscarOscarOscarOscar



Quando trabalhei como editor do nosso jornal em São Paulo, por ocasião do lançamento do filme "Central do Brasil", do diretor Walter Salles, escrevi um comentário sobre o mesmo, ilustrando-o com a foto de uma reunião ao ar livre do Exército de Salvação na porta principal da Estação de Trem Central do Brasil, no Rio de Janeiro. A banda de jovens do Corpo do Rio Comprido aparece na foto, entre eles Anneli, sua irmã e seu irmão.

Mas a referida foto não foi encomendada ou uma simples montagem. Por anos a fio o Exército de Salvação do Rio realizou cultos naquele local, geralmente apinhado de pessoas, mesmo aos domingos.

Certa vez, após fazermos uma série de palestras em uma igreja na Ilha do Governador, um dos fiéis membros daquela igreja levou-nos em seu taxi ao aeroporto. Durante nossa palestra senti que o mesmo homem olhava o nosso uniforme com interesse, respeito e simpatia. No trajeto para o aeroporto, contou-nos sua história.

Bem jovem, viera do nordeste para o Rio de Janeiro. Com saudade de sua terra e de seus pais e irmãos, confortava-se ao assistir às reuniões salvacionistas a cada domingo na Central do Brasil. Para ele, como acontecia com muitos, era a sua "igreja". Como o percurso era curto, ouvimos somente parte de sua história, mas o suficiente para sabermos que se converteu, mudou de vida, casou-se e constituiu família, tendo hoje seus dois filhos formados - um engenheiro e uma pedagoga. E quase chegando ao aeroporto, perguntamos em que data assistira a cada domingo às nossas reuniões. Sua resposta deixou-nos felizes: na mesma época da foto aqui publicada!

E como saber das quem sabe milhares de pessoas que, ouvindo o Evangelho e a música em louvor a Deus na Central do Brasil, colocaram Jesus Cristo no Centro de suas vidas? Jamais saberemos enquanto nesta vida, mas quem sabe na vindoura ouviremos dos frutos do trabalho sincero e incansável para o Senhor na missão de levar pessoas ao conhecimento da salvação.

Outra animadora história chegou-me enquanto na redação de nosso jornal. Uma colega visitou meu escritório e contou que estivera não na Central do Brasil, mas no Planalto Central do Brasil . Ao tomar um taxi em Brasília, o motorista reconheceu a sua farda salvacionista e contou-lhe que, sentindo-se marginalizado, resolvera suicidar-se, mas, chegando-lhe não sabe como às mãos o nosso jornal (Brado de Guerra - contra todo o mal), lendo-o, mudou de idéia e partiu para a vida. Chegando à estação rodoviária, recusou o pagamento de minha colega, apesar do longo trajeto percorrido.



Quando vivia no Rio de Janeiro, Anneli viu um homem querendo jogar-se debaixo de um carro e acabar com a vida. Rapidamente foi ao seu encontro e pediu-lhe que não fizesse aquilo, mas que em vez disso fosse conversar com o seu pai, naquele tempo Chefe da Divisão do Rio de Janeiro. Uma adolescente impedindo alguém de cometer suicídio, que testemunho!

E voltando ao filme Central do Brasil - que ganhou o premio máximo do Festival de Berlim - ao assisti-lo conferi o grande talento da atriz Fernanda Montenegro, atriz que também surpreendeu muita gente com declarações daquela época:

- ... de nunca ter gostado da câmera de cinema, sendo o seu forte o teatro.

- ... pelo fato de o filme Central do Brasil não ter ganho o OSCAR, em cuja festa compareceu, foram duras as suas palavras de crítica à organização da Academia de Cinema de Hollywood.

- ... (e a mais infeliz de todas, algum tempo depois) "Se no céu houver crentes, eu prefiro não ir para lá". No mesmo jornal em que fui editor, uma jovem que trabalhou conosco, hoje pastora no Japão, respondeu através de um artigo à essa trágica e indigna declaração da considerada "dama do teatro brasileiro".

Assim como milhares têm ouvido o Evangelho na Central do Brasil e mudado seus caminhos, espero também que Fernanda um dia se arrependa de sua declaração - se é que ainda não o fez - e coloque Jesus como o Único Ídolo, bem no centro de sua vida, enquanto é tempo.

Ainda que altamente cobiçado, o OSCAR, afinal, é apenas uma estatueta. O famoso ator-dançarino Gene Kelly (1912-1996), que ganhou um OSCAR especial da Academia em 1951 - além de muitos outros troféus ao longo de sua carreira - li que amargou a perda de seus prêmios durante um incêndio em sua residência mais tarde em sua vida.

A Bíblia menciona diversas vezes o galardão final:

Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei (Mateus 25:21).

Eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras (Apocalipse 22:12).

Que sejamos dignos de receber esse galardão final!


THE END


__________________________________________


Próxima postagem:


Os verdadeiros filmes campeões de bilheteria.


(entre eles, "Os 10 Mandamentos" e "Ben-Hur")

6 Comments:

  • Ben Hur, acho maravilhoso.
    Sobretudo a atuação do Charlton Heston., e no auge de sua beleza,rsr
    Um filme que não canso de ver .

    By Blogger siby13, at sexta-feira, março 05, 2010 1:37:00 PM  

  • Sobre a foto da reunião na Central do Brasil:

    SAUDADES... SÃO TODOS MEUS CONHECIDOS. SÓ UM DO LAR DE MENORES, QUE É O CELSO, PISTONISTA, QUE FREQUENTAVA O CORPO DO RIO COMPRIDO. NAQUELA ÉPOCA, SOMENTE ÍAMOS AOS CULTOS EM OCASIÕES ESPECIAIS.
    PAULO OBRIGADO PELA LEMBRANÇA. ME DÁ REALMENTE MUITAS SAUDADES. UM ABRAÇO DO AMIGO E IRMÃO, WAGNER CAMPOS.

    By Blogger paulofranke, at sábado, março 06, 2010 8:23:00 AM  

  • Bela postagem, contendo coisas que não sabia, hehe... =D
    Abraço !

    By Blogger João Guilherme, at sexta-feira, março 12, 2010 3:40:00 AM  

  • ELIZIER:
    Caro Mj. Franke,

    Tudo bem? Li teu blog e vi a foto antiga do Rio Comprido. Nesta época ainda não estava nesta abençoada Igreja (cheguei em 1987). Mostrei para a Déa e ela ficou sensibilizada e saudosa!

    Oro para que DEUS te dê o MELHOR desta terra e te faça um instrumento dEle!

    Parabéns pelo BLOG. Se um dia você quiser vendê-lo, eu compro! rsrsrsrsrsrs...

    SHALOM!

    By Blogger paulofranke, at sexta-feira, março 12, 2010 2:11:00 PM  

  • Essas reuniões eram lindas demais! Tive a oportunidade de pregar neste lugar e de dar o meu testemunho.

    Alexandre

    By Blogger paulofranke, at terça-feira, abril 06, 2010 3:33:00 PM  

  • Paulo eu Lucy te agradeço muito pois faz pouco tempo que te pedi e não é que achas-te as fotos!!!! Sou imensamente grata que revoluçao na minha cabeça em ver a saudosa Veronica, o Marku equeno e eu tocando na banda,as meninas...Aproveito para perguntar a Anneli se ela lembra de todas as ordens da turma das sete(brigada de pandeiros).Eu me lembro e para não esquecer de vez enquando eu toco.

    By Blogger nao tenho, at segunda-feira, fevereiro 14, 2011 4:54:00 PM  

Postar um comentário

<< Home