Paulo Franke

20 junho, 2010

5. ... Em PARIS - Montmartre/Versalhes/Conciergerie


Visita-relâmpago a Montmartre, bairro que fica na parte mais elevada de Paris, e que tem o nome atribuído aos mártires torturados por volta do ano 250. No final do século 19, a área era a meca de artistas, escritores, poetas e seus discípulos. A Basílica de Sacré-Coeur, cujas obras começaram em 1875, foi concluída em 1914. A melhor vista das cúpulas e torres é dos jardins abaixo dela.



Place de Tertre, que quer dizer "pequena colina", é o ponto mais alto de Paris, a 130 metros de altura. Já foi o local da forca da abadia, mas é mais associada a artistas, que no século 19 começaram a expor lá seus trabalhos. Ainda pintores oferecem seus quadros aos turistas que visitam em grandes grupos o pitoresco distrito.
.


Meu neto, que como o avô gosta de desenhar rostos, examina atento aos trabalhos expostos. Em muitas ocasiões carregava um grosso caderno de desenho na sua mochila, muitas vezes parando em um local inspirador e continuando o desenho começado: o rosto de uma menina que diz ser sua amiga.
.


Muitos posam para os desenhistas, alguns que retratam a pessoa fielmente, com uma perfeição impressionante.
.



As pinturas de ruas, sacadas ou monumentos parisienses são comuns e muito admiradas.
Chamado de "o bairro boêmio da cidade", aqui fica o Moulin Rouge, o Pigalle etc.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~
~~~~~~
~~



Com certeza visitar Paris sem ir à cidade de Versalhes torna-se algo incompleto.




Depois de dias de muito calor, o tempo mudou, tornando-se ideal para uma visita ao interior do Château de Versailles.
.


Uma grande avenida de Versalhes culmina com a visão do palácio e de seu portão dourado.


Começando em 1668, do lugar de uma modesta cabana de caça de seu pai, Luís XIV ergueu o maior palácio da Europa, onde viviam na época 20 mil pessoas.

.

A suntuosidade e beleza já são percebidas do seu exterior, que ficamos por bons momentos admirando.

.


Luís XV aos 12 anos ocupou Versalhes, história que meu neto conhecia por ter visitado o lugar em ocasião anterior.
.


Os detalhes dourados da decoração misturam tijolos e teto preto, além de diversas estátuas, que com um fundo de céu azul certamente ficariam ainda mais reluzentes.



A toutes les gloires de la France, escrito no alto de uma ala do palácio. Os arquitetos Louis Le Vau e Jules Hardouin-Mansart projetaram os edifícios.




A Chapelle Royale, reservada à família real.
.


E vamos passando por salões surpreendentes.

.


As grandes janelas dão para os famosos e imensos Jardins de Versalhes.

.


"La vie est une découverte...

.

de la beauté...

.


dans les details."

.


André Le Notre, o grande paisagista redesenhou os jardins.
.


Salão dos Espelhos. Importantes cerimônias oficiais foram realizadas neste salão de 70 metros de comprimento, com espelhos. O Tratado de Versalhes, que encerrou a Primeira Guerra Mundial, foi ratificado aqui em 1919.

.


Os jardins seguem o estilo formal, com distribuições padronizadas de trilhas e bosques, cercas-vivas e flores, lagos, fontes e estátuas.

.


Meus companheiros de passeios posam diante do quadro de Maria Antonieta e seus filhos.
.

Os aposentos do rei Luís XVI, marido de Maria Antonieta.




Os aposentos e a cama da rainha.




E o que registra a História:

Em 6 de outubro de 1789, uma multidão de parisienses invadiu o palácio à procura de Maria Antonieta. A rainha, que estava na cama, levantou-se e fugiu correndo para os aposentos do rei. Enquanto o povo tentava invadir seu quarto, a rainha batia no quarto do rei. Entrando lá, ficou em segurança até a manhã seguinte, quando ela e o rei foram finalmente levados para Paris pela multidão.




Conciergerie. Sombria antecâmara para a guilhotina, esta prisão às margens do rio Sena foi muito usada na Revolução. Mais de 2.600 pessoas ali estiveram, inclusive Maria Antonieta, que permaneceu em uma cela mínima até sua execução.
.



Retrato de Maria Antonieta aguardando sua execução na guilhotina, na Conciergerie.



É possível visitar a sombria cela da rainha, mas de alguma forma não o fizemos. A foto mostra um barco de turistas certamente ouvindo do guia relatos sobre os acontecimentos históricos que ali tiveram lugar. Assisti quando criança ao antigo filme "Maria Antonieta", com Norma Shearer e Tyrone Power. Meus pais, tendo assistido ao filme certamente no seu lançamento, deram o nome de Norma à minha irmã mais velha. Uma versão moderna do filme, que espero assistir em breve, teve locações no Palácio de Versalhes.


Vamos para o Marais!!

_____________________________________
.
Não exagero em absoluto quando afirmo que todos os exércitos que até hoje marcharam, e todas as armadas que jamais foram construídas, e todos os parlamentos que se reuniram, e todos os reis que alguma vez reinaram, postos juntos, nunca puderam influenciar tão poderosamente sobre a vida do homem neste planeta, como o fez esta vida singular:
JESUS CRISTO!
.
(James A. Francis)
.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Próximas postagens:


6. ... Em Paris - visita ao bairro de Marais e ao Armée du Salut
7. ... em Paris - visita à Disneyland
8. ... Em Paris - postagem final - GENTE!

___________


A bientôt! (Até logo!)

6 Comments:

  • Olá amigo Paulo,
    Mais uma vez me sinto encantada com tamanha beleza histórica que nos presenteia! Que lugares bonitos, e todos com suas histórias, sonhos, ideais e a grande emancipação do iluminismo!!!!
    Conte-me, como é andar nos salões onde grandes decisões foram tomadas? Ver os Jardins que encantam até os dias de hoje!
    Os detalhes de vidas corajosas e, muitas às vezes de alguns, fúteis e desonrosos!
    O bairro Montmartre é outro mundo, inspirador e ao mesmo tempo nos revela a arte pelo tempo a fora! E a Place de Tertre, transformaram em lugar de beleza para o esquecimento, talvez, de sua antiga utilidade! Não esquecer a história nunca, o que se passou nos ensina até hoje, mas por que manter o ar sombrio? Injetaram Arte e beleza! Nossa como são detalhistas e espertos esses moços!
    Parabéns amigos, por sua viagem e total aproveitamento de lições lindas e eternas!
    Que c'est bon de savoir que les amis aiment l'histoire ta l'air avec tant d'amour et de dévouement!
    Félicitations!
    gros câlin et Merci!

    By Blogger Maria Thereza, at segunda-feira, junho 21, 2010 5:25:00 PM  

  • Merci beaucoup, Marie Theréze!
    Certamente leu o pensamento em francês que publiquei, copiado de um outro comentário seu.
    aBRaco!

    By Blogger paulofranke, at segunda-feira, junho 21, 2010 5:58:00 PM  

  • Oui ami, j'ai lu!
    Je vous remercie de rappeler et de considérer!
    Ah, j'aime ça ... Marie Therèze, est très chic!
    Merci

    By Blogger Maria Thereza, at segunda-feira, junho 21, 2010 6:35:00 PM  

  • ANÔNIMO:

    Acabei de ver tudo. Muito lindo mesmo e sabes fazer comentários interessantes e tirar belas fotos. Não é à toa que gente importante leia o teu blog!

    By Blogger paulofranke, at quarta-feira, junho 23, 2010 6:19:00 AM  

  • Ola...
    Nossa, adorei ver as construções antigas e principalmente o luxo nelas impostas junto daquelas lindas pinturas, enfim...show de bola essa postagem !
    Abraço

    By Blogger João Guilherme, at terça-feira, junho 29, 2010 4:32:00 AM  

  • Obrigado amigo pelo link dessa postagem!Realmente o palácio é MAGNANINO!

    By Anonymous evelize volpi, at sábado, outubro 20, 2012 11:17:00 PM  

Postar um comentário

<< Home