Paulo Franke

30 dezembro, 2007

Sozinho no meio da multidão, em Estocolmo.




Aconteceu no início dos anos 90. Ao contrário da bela foto acima, da capital da Suécia, era uma tarde de verão. Multidões nas ruas faziam a festa deitando-se nos belos parques da cidade para bronzear-se ou simplesmente passeavam pelas ruas naquela atmosfera de verão quando o sol quase não desaparece, ao contrário do inverno escandinavo quando quase não aparece.

Precisando viajar até Estocolmo, eu levara só uma mochila, mas sentia-me como que carregando um fardo e totalmente por fora daquele ambiente festivo. O motivo que me levara até a linda cidade me deixava inseguro principalmente com relação ao futuro próximo. Contrastando com o que via ao meu redor, sentia-me em meio a nuvens frias de dúvidas e desânimo. O assunto que me levara a Estocolmo estava encerrado e eu precisava "fazer hora" até a partida do navio que me levaria de volta à ilha de Åland, entre a Suécia e a Finlândia, onde vivíamos.

Sentei-me então em um degrau de uma imensa escadaria onde centenas de pessoas faziam o mesmo. Sozinho na multidão - triste experiência! - nada era familiar naquele momento em que eu precisava como nunca de um ombro amigo. Então, de repente - bendito instante! - ouvi o som de um órgão tocando estranhamente não uma música moderna para combinar com a multidão, mas um antigo hino muito familiar para mim. Feliz coincidência?

Na verdade, acredito que era um desses recados que Deus às vezes manda pra gente no momento e no lugar certos. Levantei-me, então, de um salto e comecei a procurar os alto-falantes que certamente dariam em um microfone. Certeza eu tinha de que não era imaginação minha ou, sob o forte sol daquela tarde, de que eu não estava tendo alucinação de anjos tocando especialmente para mim. Abrindo caminho entre as pessoas - alguns jovens drogados no pedaço - fui como que tateando para descobrir de onde o som estava vindo. E então em um canto do grande local encontrei Maria...

Falei-lhe, um tanto emocionado, que fora atraído pelo som de seu órgão e que conhecia em português o hino que tocava. Com um sorriso, falou-me: "Então cante-o em português!" Naquele momento as centenas de pessoas na grande praça ouviram nossa língua ao cantar aquelas palavras que vinham direto ao meu coração, trazendo-me encorajamento, esperança e ânimo para enfrentar a nova página que teria de virar na minha vida.

Leia as palavras a seguir e sinta a oportuna mensagem que fez este milagre no meu coração naquela tarde:


Aflito e triste coração, Deus cuidará de ti; por ti opera a Sua mão, Deus cuidará de ti.
-
Deus cuidará de ti, em cada dia proverá; sim, cuidará de ti, Deus cuidará de ti.
-
Na dor cruel, na provação, Deus cuidará de ti; socorro dá e salvação, pois cuidará de ti.
-
Nos Seus tesouros tudo tens, Deus cuidará de ti; Terrestres e celestes benItálicos, e cuidará de ti.
-
A tua fé Deus quer provar, mas cuidará de ti; o teu amor quer aumentar, e cuidará de ti.
-
O que é mister te pode dar Quem cuidará de ti; nos braços Seus te sustentar, pois cuidará de ti.
-

Precisei retirar-me do local, mas o fiz de cabeça erguida, certo de que "Aquele que cuida dos pequenos pardais" também cuidaria de mim. E isso de fato aconteceu.

Li poucos anos depois em uma revista sueca a respeito de Maria: "Faleceu Maria, uma evangelista de rua que tocava seu órgão e cantava seus hinos na Praça Sergel, no centro de Estocolmo, uma batalhadora que enfrentava as mais diferentes temperaturas para transmitir a sua mensagem." E sua mensagem também me tocou profundamente e me serviu de alavanca naquela tarde quando estava sozinho no meio da multidão, no centro de Estocolmo.

-
Esta é Maria, a evangelista de rua. Obtive cópia da foto em um jornal que noticiava a morte da valorosa serva de Deus sueca.



Voltei ao local no verão de 2008 e o fotografei, na foto deserto ao contrário da ocasião quando me senti sozinho no meio da multidão.

Isso pode acontecer também a você, querido leitor, neste final de ano ou mesmo em qualquer momento ou circunstância difícil que lhe traga o novo ano. Basta somente deixar ligadas as antenas de sua fé em Deus, e perceba o milagre do livramento de que você tanto precisa!

____________________________________

Alinhar à direita

Link:

O hino, em versão em português:

http://www.youtube.com/watch?v=VvZKSkMxFsI

___________________________________

18 Comments:

  • Deus te abencoe, Paulo! Eu estava precisando "ouvir" essas palavras. Luciane

    By Anonymous Anônimo, at domingo, dezembro 30, 2007 6:52:00 PM  

  • Franke,
    Ao ler este seu comentário e as palavras do cantico conhecido me emocionei, pois neste momento tambem sinto, só. Estou sozinha em meu apartamento buscando poder viajar estar com meus familiares, neste Ano Novo, mas falta alguém, que Deus levou ha alguns anos atraz e hoje sinto demais a sua falta....Quantas vezes me sinto como voce descreveu aqui. estou entre a multidão e estou só... estou entre os amigos mas me sinto só ... e isto as vezes cansa...mas conforta sentirmos o Senhor nos amparando e nos protegendo e dando-nos alento em momentos tão oportunos e tão expressivos como este.
    Que Deus continue a te abençoar e guardar....Feliz 2008 a voce e todos os teus familiares e aos amigos que por aqui passarem.

    Fleury

    By Blogger ilaide, at domingo, dezembro 30, 2007 7:24:00 PM  

  • Shavua tov Paulo,
    que lindo post.Parabens pela sensibilidade e tudo que precisamos muitas vezes em momentos de duvida e solidao e uma Maria tocando em uma esquina e dizendo palavras encorajadoras.
    Que voce e toda sua familia tenham um 2008 repleto de boas supresas e momentos felizes.
    Hannah

    By Anonymous Anônimo, at domingo, dezembro 30, 2007 10:36:00 PM  

  • Obrigado aos amigos que comentaram aqui e que poventura venham a comentar sobre minha postagem. Desejo que Deus conceda a vocês novos sonhos que impulsionem sua vida em 2008.

    By Blogger paulofranke, at terça-feira, janeiro 01, 2008 10:56:00 AM  

  • Exatamente o que eu procurava em meio a tantos Feliz Ano Novo,etc...Mentalmente agradeci, me emocionei e senti um pouco de sua felicidade ao encontrar Maria. Já precisei e recebi uma mensagem de Deus num momento de total solidão.É simplesmente, magnífico: CRER, ter FÉ, RESPEITAR. Valores que dinheiro nenhum do mundo consegue equiparar.Abraço.

    By Blogger luci, at quarta-feira, janeiro 02, 2008 3:32:00 AM  

  • Franke, seu artigo traz muita inspiração no início deste Novo Ano! obrigada! Edna

    By Anonymous Anônimo, at quarta-feira, janeiro 02, 2008 12:45:00 PM  

  • Paulo Franke obrigado que Deus continue abençoando.A tre semanas atras passei por terrivel luta espiritual e estavo triste. as vezes temos dias de angustia, tenho certeza que o espirito santo tocoou em ti para me enviar este tesmunho Deus te abençoe

    By Anonymous paulo oliveiraa venancio, at domingo, março 23, 2008 2:23:00 AM  

  • Magnifico, senhor Paulo!
    Acredito que é nos momentos em que nos encontramos mais angustiados, que o amparo de Deus se faz motrar, assim como mostrou Maria para o senhor. Para mim, foi o estourar de fogos, um brilho apenas que me mostrou o quanto recebi e cresci no ano que passou. Só agradeço a Deus e ao sinal no brilho de fogos!
    Feliz 2010 para todos!!!!
    Muito obrigada sr. Paulo.
    Grande abraço.
    Maria

    By Anonymous Anônimo, at sexta-feira, janeiro 01, 2010 6:24:00 AM  

  • Sr Franke:
    Lindo o que voce relata.Acredito que milhoes de pessoas no mundo tambem estao solitarias apesar de estarem com muita gente por perto.Eu me vi nessa situaçao,estou longe de casa ha 5 anos e nem sei quando que vou ve-los novamnete,mas é so em deus que nos apegamos para dar conta de uma dor tao grande,obrigada e feliz 2010....Linia

    By Anonymous Anônimo, at segunda-feira, janeiro 04, 2010 2:52:00 AM  

  • Sr Franke:
    Lindo o que voce relata.Acredito que milhoes de pessoas no mundo tambem estao solitarias apesar de estarem com muita gente por perto.Eu me vi nessa situaçao,estou longe de casa ha 5 anos e nem sei quando que vou ve-los novamnete,mas é so em deus que nos apegamos para dar conta de uma dor tao grande,obrigada e feliz 2010....Linia

    By Anonymous Anônimo, at segunda-feira, janeiro 04, 2010 2:52:00 AM  

  • Nossa, muito legal essa postagem, parabéns. Abraço...

    By Blogger João Guilherme, at sexta-feira, janeiro 22, 2010 10:42:00 PM  

  • Houve dois momentos como este a pouco tempo tantas pessoas ao meu redor e me sentia sozinho, so que a alegria veio ao amanhecer atravez de louvores ... grande abraço Franke!

    By Anonymous Viviano Moura, at domingo, janeiro 02, 2011 11:50:00 PM  

  • Meu coração se alegra ao ler esta linda passagem da sua vida!

    Graça e paz e um feliz 2011!

    By Blogger Luciana, at terça-feira, janeiro 04, 2011 12:47:00 AM  

  • Inesquecivel os sinais de Deus a nos mostrar que semrpe nos ampara. Boa lembrança amigo paulo, como sempre lembrou que muitos de nos sentem-se sozinhos ou desamparados. eLe não nos abandona nuca e tem sempre um bom sinal, apoio e acochego!
    Feliz começo de 2011 com muita paz e trabalho!
    Grande aBRaço

    By Blogger Maria Thereza, at quinta-feira, janeiro 06, 2011 7:51:00 PM  

  • Olá Paulo... vejo que este post tem data de dezembro de 2007... hoje o li (09 de fevereiro de 2011) e estou lhe conhecendo melhor através do blog.
    Vim aqui pois vi a citação do seu link no blog do Tarso e Daiane Benemann, que estou acompanhando...sou conterrânea, de Pelotas, e irmã em Cristo.
    Sou grata a Deus pela oportunidade de aprender neste espaço virtual e verificar, mais vez, a ação sublime do nosso Deus... tão suave e forte ao mesmo tempo, como somente Ele sabe ser... palavras são pouco para agradecê-Lo e engrandecê-Lo por Sua presença gloriosa!!

    Obrigada por compartilhar suas experiências... são para mim via de fortalecimento e refrigério. Abraço!! A paz do Senhor seja contigo!!

    Aline Crochemore Hillal Leal

    By Blogger Aline, at quinta-feira, fevereiro 10, 2011 12:31:00 AM  

  • Paulo, muito legal ! Passeando pelo teu índice, entrei nesta postagem e gostei !
    Eu conheço esta praça !!! kkk... Eu tenho um problema sério, sinto muita vontade de voltar a cada um destes lugares que visitei... Este é o sabor de viajar. Lembrar, sorrir de felicidade, poder imaginar-se novamente caminhando por lugares tão distantes... Agora, por exemplo, lembro perfeitamente da rua e do prédio de Deborah e Rodrigo, do caminhar até a esquina à esquerda e chegar na rua por onde passa o Tram, bonde... É muito legal !! Abraços.

    By Anonymous Gerson Langie Barum, at quinta-feira, março 20, 2014 7:49:00 PM  

  • Missionário Paulo, já me senti assim em diversas fazes dá minha vida! Mas Deus sempre dá um jeito de colocar uma Maria é um missionário na minha frente! Deus seja louvado! Obrigada Mis.Paulo

    By Blogger Dorca Lemes, at sábado, abril 08, 2017 9:08:00 AM  

  • #fases

    By Blogger Dorca Lemes, at sábado, abril 08, 2017 9:09:00 AM  

Postar um comentário

<< Home