Paulo Franke

14 janeiro, 2010

Lembrando-me do terremoto no México em 1985...

Uma experiência que presenciei e da qual nunca me esqueci:

http://paulofranke.blogspot.com/2006/09/o-terremoto-na-cidade-do-mxico-1985.html

1 Comments:

  • Caro amigo, não sei como podemos passar por algo assim e, ainda assim, levar a diante a vida! São dores imensas e de difícil assimilação pq são terríveis aos olhos, portal do coração. Se não fosse Deus a nos confortar e acalmar , não seria possível uma sobrevivência, esta assistida na luta diária para salvar a todos que sozinhos não conseguem. Talvez por isso ele ainda deixe alguns, mesmo que com pouca condição, mas que farão o alcance humano chegar ao alivio do próximo de qualquer maneira.
    Feliz Aquele que ama o seu irmão!
    Parabéns por seu trabalho. Que sejas cada dia mais forte e confiante na palavra do PAI pra assim confortar e salvar os que precisam.
    um grande abraço amigo

    By Blogger Maria Thereza, at sexta-feira, janeiro 15, 2010 3:03:00 PM  

Postar um comentário

<< Home