Paulo Franke

29 maio, 2014

Dia da Ascensão - feriado grande na Europa!



\o/  \o/  \o/

O livro online

www.paulofranke-edificacaodiária.blogspot.com

______________

28 maio, 2014

Um sonho marcante de William Booth (fundador do ES)

Sempre gostei desta foto histórica, da visita de William Booth à Finlândia, em 1909, três antes de ser "promovido à glória". A seta à esquerda aponta para ele, de quepe e barba longa. Na ocasião, esqueceu seus óculos, mas logo escreveu um telegrama dizendo que não precisava mandá-los de volta... Hoje é acervo do museu salvacionista no centro da capital Helsinki.
Esta foto assume ainda mais importância para mim porque ao chegarmos do Brasil, exatamente 90 anos depois, fomos nomeados como oficiais dirigentes do Templet sueco, o Corpo onde servimos a Deus nos primeiros 6 anos em que aqui vivemos. Por coincidência, nossa filha é a atual oficial dirigente, há 5 anos. Neste mesmo templo, em 1953, meus sogros receberam as despedidas ao partirem como missionários... para o Brasil.
Caminhos do Senhor que se encontram e nos surpreendem.


Abaixo, transcrito do "Brado de Guerra" em idioma sueco...
(amplie-o para lê-lo devidamente)





Nessa casa, situada em Hertfordshire, Inglaterra, ele viveu a sua aposentadoria e foi "promovido à glória", em 20 agosto de 1912, três meses depois de ter sido fotografado com seu cão Gyp. 
(The Salvationist)


No dia do enterro do homem de Deus que fizera tanto pelas pessoas, espiritual e socialmente carentes, o centro de Londres parou para assistir a passagem de seu cortejo fúnebre, com a participação de milhares de salvacionistas.

_______________

L i n k

Saiba mais a respeito do Exército de Salvação internacional...

http://paulofranke.blogspot.fi/2008/05/o-exrcito-de-salvaco-internacional.html

E por que, em 1962, ingressei neste Exército, onde estou até ... ser "promovido à glória", termo que usamos para o salvacionista que parte para junto do Senhor...



23 maio, 2014

Ocultismo... Yoga... Reincarnacão... etc.

Sobre o OCULTISMO, um artigo esclarecedor escrito por Dimas J.Barrault, no meu blog 4, com informacão, nos comentários, em português e inglês, sobre o que verdadeiramente significa YOGA, baseado no livro "Gods of the New Age" (Os deuses da Nova Era)...A ver com "reincarnacão", imperdível no sentido de esclarecedor!!
 
www.paulofranke-sermoesantigos.blogspot.com

21 maio, 2014

Netinha Brilhando no Ballet! E +: - Taina Elg e o Teatro da Velha Opera.

Carinha de russa sem ser, a netinha ama ballet! 
As duas fotos acima a mostram na primeira apresentação que fez com sua escola - localizada no famoso Teatro da Velha Ópera, construído no tempo do domínio russo - e a segunda foto na apresentação do domingo passado.  Parabéns, Maria!


Foto ao longe de sua performance de ballet.


O programa em finlandês, mas alguns compositores são conhecidos.



Lugar familiar, no outro quarteirão de onde moramos durante seis anos na capital Helsinki, logo que aqui chegamos, em 1999.
O Teatro Alexandre (Alexander Theater, Aleksanterin Teatteri) foi construído a partir de abril de 1876. Originalmente, ergueu-se para abrigar soldados russos. Os tijolos foram transportados do arquipélago de Åland, entre a Finlândia e a Suécia, onde vivemos durante quatro anos. O National Theatre and Opera transferiu-se para o edifício em 1918 e lá permaneceu até 1993, quando foi transferido para a moderna Opera House, na baía de Töölö. O edifício faz parte importante da história cultural finlandesa.


"Taina Elg - Na ponta dos pés para o mundo"

A mais conhecida atriz finlandesa em Hollywood, Taina Elg - filmes dos anos 50 The Prodigal Son, Gaby, Les Girls - começou sua carreira neste teatro, como bailarina (foto). 


Contracenando com uma de minhas preferidas atrizes, a também bailarina Leslie Caron, em "Gaby", uma versão de "A ponte de Waterloo", Taina está sentada, de perfil, à direita.
Clique no link abaixo que o transportará a muito mais sobre ela e o teatro mencionado (onde o ES fez uma reunião de congresso em anos recentes)







Confesso que não sou muito achegado a ballet, e nunca fui a um teatro apreciá-lo, mas, de repente, com a netinha envolvendo-se mais na dança de tanta classe, vou prestar mais atenção aos programas da TV francesa, MEZZO, que com frequência os focaliza ao som de grandes compositores, um deles Tchaikowsky.



Neto passando, em Helsinki, pelo monumento - em forma de órgão de tubos - a Jean Sibelius, o expoente máximo da música clássica finlandesa. Segundo pesquisa, Jean Sibelius não gostava de compor para ballet... O neto, (rsrsrs), passou de largo e não foi à apresentação do ballet; sua irmã ganhou um ingresso do avô e foi prestigiar a priminha, juntamente com a mãe e avó, além, claro, dos pais orgulhosos da netinha dançarina.

~~~~~~~~

L i n k

- A atriz finlandesa Taina Elg, de Hollywood, e seu início no mesmo teatro onde se apresentou a netinha.

- Taina Elg e seus filmes, com Gene Kelly, "Les Girls", com Leslie Caron, "Gaby"... 
- O teatro, vizinho ao local onde vivemos durante 6 anos, e onde vive hoje, há 6 anos também, o genro, a filha, pais da bailarina, e seus dois irmãos, um deles que canta no famoso coral de meninos, Cantores Minores.
- O mesmo teatro onde o ES realizou uma renião de congresso há poucos anos.
- A casa onde nasceu Jean Sibelius, na cidade onde moramos, Hämeenlinna, que quer dizer "Castelo de Häme".

Tudo isto fará sentido se o leitor acessar o link abaixo... basta clicar e ver as muitas fotos (ou se o link não estiver em cores, transportá-lo colando na sua barra de enderecos):


http://paulofranke.blogspot.fi/2011/10/2-hollywood-star-taina-elg-quem-se.html

17 maio, 2014

Celulares, tablets, smartphones e a BÍBLIA


Uma leitura atual, inteligente e, portanto, imperdível!


Celulares, tablets, smartphones e a Bíblia


Já são mais celulares do que gente no Brasil. O tablet foi o presente mais pedido no dia das crianças no ano passado (2013). Os smartphones já são mais de 1 bilhão no mundo e mudaram a forma como as pessoas vivem. No meu trabalho, quando surge uma dúvida, as pessoas dizem logo pra usar o “Google Salva”, pra encontrar a resposta. Quase que pergunte ao Oráculo, pois ele tudo sabe. Gosto também de reparar nesta febre e vejo algumas pequenas situações que antes seriam improváveis. Por exemplo, seguranças particulares ou até mesmo aquelas pessoas que trabalham segurando placas móveis, antes não tinham o que fazer para passar o tempo, mas agora ficam direto no celular. Até mesmo o rapaz que registra o peso do prato no restaurante onde, às vezes, eu almoço agora nem olha mais na cara do cliente pois fica atualizando seu perfil nas redes sociais. Outro dia saí de um avião e uma pessoa do meu lado ligou seu celular desesperada, foi ao facebook e deu “curtir” desesperadamente em todos os comentários deixados pelos amigos, eram quase que 5 curtidas por segundo, sem ler um comentário sequer, mas apenas pra se mostrar conectada. Por falar nisso, esses dias minha esposa comentou, perto do meu filho de apenas 3 anos, que uma amiga estava mexendo no face. Meu filho a corrigiu imediatamente, num tom de “santa ignorância”, dizendo: “Não é face mãe, é facebook!”

Além do interesse pelo novo e pela tecnologia, pela quantidade de aplicativos (os app’s) para todos os gostos e utilidades, eles existem para nos manter o tempo todo conectados. Uma das piores calamidades do mundo atual é descobrir que a internet está indisponível e que você está desconectado, off-line. Você olha para o seu aparelho e pensa: “que droga, a internet está fora outra vez”. Fala a verdade, das pequenas coisas da vida, tem coisa pior? 

A falta de conexão parece uma preocupação atual, mas creio que foi assim desde o princípio. Deus sabia da necessidade de conexão do homem por isso, quando o criou, estava com ele todo o tempo e, de forma pessoal e mais próxima, durante as tardes de passeio no Jardim. Sabendo dessa necessidade profunda do homem, além da companhia do próprio Deus, Ele ainda criou a mulher, para que esta lhe fosse sua companheira constante.
Mas num certo momento desse começo tão perfeito, Deus, se estivéssemos nos tempos atuais, teria olhado para o Seu smartphone e visto que o homem estava off-line, a conexão estava perdida.
Acredito que pensando nisso, nesta necessidade do homem, Deus nos deixou aquilo que há de mais revolucionário na Terra. Mais completo que o Google, mas essencial que o Facebook. Aquilo que faz por nós, apesar de ter uma função parecida, mais que qualquer telefone celular, smartphone, tablet, ou até mesmo o Google Glass. Deus nos deixou a Bíblia, o único aparelho, se é que podemos chamá-la assim, que pode nos conectar da maneira correta, uns com os outros e, ainda melhor, com o próprio Deus.

Você pode até estar pensando em todas as utilidades do seu smartphone com acesso total a internet, redes sociais e todos aqueles app’s, disponíveis para estes aparelhos, mas a Bíblia tem sempre mais do que eles. Podemos até compará-los.
No seu telefone você tem, por exemplo, o aplicativo da lanterna, mas na Bíblia você tem a lâmpada para os pés, e a luz para o caminho (Salmos 119:105).
Nas Redes Sociais você se conecta aos seus amigos, mas a Bíblia torna até seus inimigos em amigos (Provérbios 16:7). A Bíblia não tem canivete suíço, mas ela é mais cortante que uma espada de dois gumes (Hebreus 4:12) Na Bíblia tem até remédio pra osteoporose, em Provérbios 15:30, fortalece até os ossos.

No seu smartphone você tem acesso às noticias de hoje e à previsão do tempo, mas na Bíblia você tem acesso às notícias de amanhã e à previsão para o final dos tempos. No seu smartphone você tem acesso a informações sobre todos os programas assistenciais do Governo, como o “Minha Casa, Minha Vida” mas na Bíblia você tem acesso ao programa “Minha Casa após a Vida” ou “Minha Casa na Eternidade” (João 14:2). Você pode comprar seu smartphone com garantia estendida, de até 03 anos, mas a Bíblia é a única que pode te ensinar sobre a garantia da eternidade, da vida com Deus, sobre o novo céu e a nova terra, onde a energia elétrica não acaba, pois não é como aqui, a própria glória de Deus ilumina o lugar (Apocalipse 21:23). A Bíblia lhe ensina sobre Deus e lhe ensina sobre Jesus, o único que tem as palavras da vida eterna (João 6:68).

A Bíblia, na verdade, não pode ser comparada a nenhum outro livro ou aparelho da atualidade, pois ela é incomparável. Ela é talvez aquilo de mais tangível, físico, do céu que há na Terra. Existem muitos ótimos livros mas a Bíblia é especial, ela é viva e eficaz (Hebreus 4:12). A Bíblia é o objeto mais divino que há na Terra. Ela é parte do céu na Terra, um registro detalhado dele.
A Biblia mantém você conectado com Deus e, como ela mesma diria, na versão da internet, mais vale um dia com Deus do que mil no Facebook (Salmo 84:10).
A Biblia não tem o CandyCrush, mas a Bíblia foi escrita para que você aprenda como ter a vida, pra passar para a próxima fase e terminar o jogo da vida com acesso direto para a eternidade (I João 5:12-13).
Seu smartphone lhe dá poder pra emitir seus comentários nas notícias, blogs e redes sociais para que o mundo todo veja, mas a Bíblia lhe dá muito mais poder, pois ela fala sobre as boas notícias da salvação que é o poder Deus pra todo aquele que acredita (Romanos 1:16).
Na moda dos cursos de MBA (Master in Business Administration – Mestre em Administração de Negócio) a Bíblia é um interminável MLA (Masters in Life Administration) ela torna você mestre na administração da vida.

Converso com muitas pessoas que dizem que são pessoas de fé, que não são de nenhuma religião, mas que acreditam em Deus e O buscam principalmente, elas mesmas assumem, quando a coisa aperta. Mas hoje somos mais de 7 bilhões de pessoas no mundo e como garantir que não existam 7 bilhões de deuses no mundo, pois cada um cria o seu deus dentro de sua cabeça? O relacionamento com Deus não é como a Wikipedia, em que cada um escreve o que quer, ou o que pensa que está certo. A Bíblia impede isso, que cada um invente um deus, pois a Bíblia apresenta Deus (e o homem) como Ele realmente é. Você pode pensar que a Bíblia apresenta Deus como Ele é para uma determinada religião, mas não. 

A Bíblia é a carta de amor de Deus para com o homem, a quem Ele ama. E, como alguém que escreve uma carta de amor, Deus deseja que a carta seja lida e que, para o meu bem e para o seu, suas orientações sejam cumpridas. O que acontece é que aqueles que aprendem a conhecer a Deus através da Bíblia se organizam nesses grupos, que parecem religiões. Mas a própria Bíblia diz que somente aqueles que sabem o que Deus quer (o que está na Bíblia) e guardam esses ensinamentos, são os que amam a Deus. E que somente os que amam a Deus (os que sabem o que Ele quer, o que está na Bíblia) serão amados pelo Pai (Deus) e conhecerão a Deus (João 14:21).
Pessoalmente penso que Deus nos deixou a Bíblia por amor, mas também porque a nossa memoria é fraca e esquecemos muito rápido o que Ele nos ensina e sobre o Seu amor e como devemos viver.

Talvez você se pergunte como tem tanta gente fazendo tanta coisa errada mesmo lendo tanto a Bíblia, sabendo quase tudo de cor. Não sei a resposta, mas acho que um dos pontos é que a Bíblia deve ser lida, como Deus deve ser amado, de todo coração, com toda alma, com todo entendimento e com todas as forças (Marcos 12:30). De todo coração, com todo seu sentimento, com amor, considerando que a Bíblia é algo pessoal de Deus pra você. De todo entendimento, com um esforço mental ativo, voluntário, com o desejo de realmente entender aquilo que se lê. Com toda alma, com aquilo que transcende o material neste mundo e conecta você com o que é divino. E então não seria como infelizmente é, quando muitos vezes lemos a Bíblia mas ignoramos o que ela diz pois ela deve ser praticada com todas as forças. Penso que a Bíblia deve ser lida, como Deus deve ser amado, de todo coração, de toda alma, de todo entendimento e deve ser vivida e obedecida de todas as forças (sem a ajuda de Deus isso é possível).O meu e o seu relacionamento com Deus devem ser construídos através da Bíblia. Qualquer coisa diferente, creio que eu e você estamos correndo um risco que não vale a pena correr...

Estamos chegando ao final deste artigo e não sei se você está pensando em dar um “curtir”, mas sinceramente pouco importa. Como a própria Bíblia diz (Eclesiastes 12:13), o importante é que eu e que você tenhamos respeito por Deus e depois de aprender o que a Bíblia ensina, sejamos obedientes a Ele e a sua boa, perfeita e agradável vontade (Romanos 12:2). A Bíblia é parte da solução de Deus para que você e eu permaneçamos conectados. Às vezes quando as coisas aparentemente vão bem, você e eu podemos até chegar a pensar que não precisamos de Deus e que não precisamos conhecê-lO, como Ele se apresenta através da Sua palavra. Mas, quando somos tomados pelas fatalidades da vida e tudo perde o controle descobrimos da pior maneira que não é bem assim. Por que escrevo estas palavras? Porque não posso negar que, de modo extraordinário e completo, a Bíblia e sua mensagem mudaram minha vida, me ensinando sobre Deus e sobre o Seu amor.

Termino, então, com um dos trechos da Bíblia, que ajudaram a transformar totalmente a minha vida e peço a Deus que, se ainda não aconteceu, você dê espaço para que Ele mude a sua também: “Entrega o seu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais, Ele fará” Salmo 34:05
Leia a Bíblia, mude o seu status no céu, e fique online.

Nota: Se você não sabe por onde começar, leia um dos quatro evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas ou João.


SS Carlos Ivan M. Lopes
Corpo Central de São Paulo

Artigo transcrito da revista salvacionista 
RUMO (ano 14 n.2) e usado com permissão.
_____________



Carlos Ivan M. Lopes converteu-se em abril de 1997 e foi alistado soldado salvacionista (foto) em agosto de 1998. Percebendo seu talento de escritor - e o quanto pregava bem! - solicitei ao Carlos, amigo de nossos filhos, um artigo para o "Brado de Guerra" do ano seguinte, artigo esse que foi publicado na penúltima edição (julho/1999) antes de sermos transferidos para a Finlândia.

12 maio, 2014

É Possível Conciliar Vida Artística com Vida Espiritual?

Não sei, porque nunca fui artista (rsrsrs)E quando escrevo "vida espiritual", quero dizer "fé evangélica", esclareço.

Alguns casos aqui citados nos lançarão luz ao assunto, mas cada caso é um caso... Quem sabe, até o final desta postagem tenhamos uma opinião definida a respeito do assunto... 


Quando redator do jornal salvacionista "Brado de Guerra", nos anos 80, publiquei o artigo "Pode Deus agir no mundo artístico?", traduzido do mesmo jornal do ES da Holanda, Strijdkreek. O artigo revelou cantores, principalmente, que afirmavam sua crença em Jesus Cristo.

Muitos cantores começaram cantando nos corais da igreja evangélica de seus pais, como Elvis Presley e Witney Houston (sobre ela, veja a postagem nos links abaixo) citando somente dois casos de muitos cantores americanos. A cantora Angela Maria, outro caso, é mencionada nesta postagem com mais destaque.

O inglês John Lennon e  a brasileira Carmen Silva são outros a respeito dos quais já escrevi neste blog (veja links). 

_______________

EUROVISION

Neste último sábado tentei assistir - o que era quase tradição desde que viemos morar pela primeira vez na Escandinávia - ao Eurovision, considerado o maior concurso anual de música popular do mundo, assistido por bilhões de pessoas. Seu caráter multicultural, confesso, me chamava a atenção.
Por que "tentei"? Porque pela primeira vez não consegui... E quando tomei conhecimento na manhã seguinte do vencedor, fiquei contente que fui dormir, por sinal um belo sono!

Nos anos 90, quando estávamos por aqui, "torcíamos" pela vitória da sueca Carola Häggkvist, vencedora por três vezes, um recorde na história do Eurovision, certame que este ano comemorou os seus 59 anos.

Dona de uma linda voz, Carola era membro da igreja que muitas vezes visitamos na Suécia (uma vez que na ilha de Åland, onde vivíamos, o Exército de Salvação estava desativado). Assim, conhecemos um tanto de perto Carola, ao vê-la e ouvi-la cantando ao louvar a Deus, testemunhar ou somente assistir aos cultos.

Carola, no entanto, lutou para conciliar sua vida artística com sua fé. E sua luta maior vinha das muitas críticas que recebia. Lembro-me de certa vez quando, contente, comentei de sua vitória em mais um Eurovision dos "narizes torcidos" que vi no meu local de trabalho secular! Por ser evangélica, isso "atrapalhava" o seu sucesso.

Em 2002 ficou  negativamente "marcada", mesmo por seus fãs, ao declarar em uma entrevista que conhecia homossexuais que, através da oração, tornaram-se heterossexuais. Em outra entrevista depois de outra vitória, sobre o mesmo assunto, disse: "Eu amo a todas as pessoas, eu amo os gays e definitivamente não sou homofóbica."

_____________________________

 Festivais da MPB

morte de Jair Rodrigues (75) na semana passada fez-me recordar os Festivais da MPB nos anos 60. Mas este recordar é por alto, pois confesso que eram as primeiras vezes que assistia programas pela TV, assim minha curiosidade não sei definir se era pelas músicas em si ou pela modernidade que a televisão representava (embora o primeiro aparelho de tv que tivemos, também de imagem preto-e-branco, foi ao nos casarmos, em 1973, vindo na bagagem de minha noiva, diretamente dos EUA).

A vitória no II Festival de Música Popular Brasileira, em 1966, foi outro ponto marcante da carreira de Jair Rodrigues, na foto ao lado de sua amiga Angela Maria. Ele concorreu com "Disparada", escrita por Geraldo Vandré e Teo de Barros. Na final, dividiu o primeiro lugar com "A Banda", composição de Chico Buarque interpretada na ocasião por Nara Leão.

Detendo-me a analisar a letra da música, li: 
"Prepare o seu coração pras coisas que eu vou contar... Aprendi a dizer não, ver a morte sem chorar ...E a morte, o destino, tudo, a morte e o destino, tudo Estava fora do lugar, eu vivo pra consertar.

Angela Maria nasceu Abelim Maria da Cunha, em 1929. Transcrevo do Google: De família humilde, sua mãe era dona-de-casa e seu pai, pastor de igreja evangélica. Por causa disso, desde criança cantava no coral de uma Igreja Batista próxima a sua casa. Com isso, foi aprendendo a amar a música e o universo das melodias. Durante sua infância e adolescência morou nas cidades de Niterói, São Gonçalo e São João de Meriti. Durante sua juventude trabalhou numa fábrica de lâmpadas e foi operária tecelã em uma indústria de tecidos, mas sempre quis ser cantora, sonhava ir para as rádios e fazer sucesso, mas seu pai era contra, por ser muito religioso, querendo que a filha fosse para a igreja e se casasse cedo, mas ela não tinha desejo de viver assim, e foi atrás do seu grande sonho, que era cantar.

Lembro-me de ouvir, no rádio Philco lá de casa, Angela Maria (na foto com Carmem Miranda, em 1955) nos programas da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, acho que de Cesar de Alencar. Admirada pelo presidente Getúlio Vargas, sua fama espalhava-se pelo Brasil inteiro. Um dia visitou e fez um show no Cine Avenida, na mesma avenida onde morávamos, em Pelotas-RS. E vagamente recordo-me de que seu show lotou o enorme cinema e, à saída, a vi passar somente.

Mas de Angela Maria tenho uma outra boa - quem sabe melhor - recordação... Conheci muita gente do meio artístico fazendo um trabalho como oficial do Exército de Salvação, principalmente trabalhando no Rio e em São Paulo, tantos artistas que seria difícil de enumerar quais. O trabalho consistia em entrarmos, uniformizados, em bares e restaurantes vendendo o jornal "Brado de Guerra" (o mesmo do qual por duas vezes fui redator e o mesmo que um salvacionista certa vez me ofereceu em um bar e que considero um dos passos para ter ingressado no Exército de Salvação, no distante ano de 1962).  

Naquela noite meu "distrito de ação" era a Bela Vista, em São Paulo. Como de costume, entrei nas tantas pizzarias do local e em algumas churrascarias. Ao adentrar uma delas, reconheci à ponta de uma enorme mesa a homenageada: Angela Maria! Hesitei por uns segundos se deveria aproximar-me, o que fiz, dirigindo-me corajamente à homenageada. Vendo aproximar-me, um dos convidados veio barrar-me... Tão logo ele fez o gesto não muito simpático de "Fora!", ouvi a doce voz de Angela, não cantada dessa vez, mas falada, dizendo-me: "Moço, eu quero o seu jornal!", deixando seus convidados boquiabertos ao vê-la abrir sua bolsa, dar-me uma nota e colocar o jornal dentro da bolsa. Agradeci e sai com sabor, não de churrasco mas de vitória na boca!! 

Naquele momento ao encontrar-me, Angela Maria, por breves minutos, certamente recordou-se de seu passado evangélico cantando no coral da igreja, como saber? Seu gesto simpático disse-me que sim.

Angela Maria, hoje com 84 anos e ainda atuando como cantora, certamente tem sido lembrada neste Dia das Mães por um de seus grandes sucessos, "Mamãe", com palavras homenagendo aquela que "... é a rainha do lar".

_____________

Yara Mattos foi minha colega no seminário salvacionista (Colégio de Cadetes), em São Paulo, quando lá ingressamos em 1964 na sessão "Pregoeiros da Fé". Houve um intervalo muito - mas muito grande! - no nosso convívio e mesmo na nossa amizade... até que o Facebook tratou de regularizar isto. Hoje somos novamente bons amigos e com regularidade trocamos mensagens, idéias e mesmo ela tem sido constante nos comentários após minhas postagens. Quando pensei nesta postagem, sabendo do reencontro que Yara tivera com Deus, o que ela considera um milagre na sua vida (que sempre que pode testemunha a respeito), convidei-a a participar desta postagem escrevendo sobre como tem sido conviver sua atual vida artística com a sua vida espiritual (nas fotos, Yara e seu parceiro o talentoso argentino Ramón).


"Ao abraçar nova atividade, perguntei-me: - Como Deus vai encarar minha nova profissão como cantora POP? Imagine o que amigos e familiares vão pensar?

Tentei responder a mim mesma:-  Afinal vou festejar e levar alegria para muitas pessoas. Que mal há nisso?


Refleti e achei que a resposta deveria vir de Deus, o que Ele pensava disso!  Ela veio, e senti que seria possível sim, desde que aprendesse a vencer 'gigantes'!
Teria medo de enfrenta-los? Como os enfrentaria?
Diante de tais dúvidas lembrei-me de personagens bíblicas como Calebe e Davi que venceram gigantes por meio da confiança que tiveram no Senhor.

Por que citei 'gigantes'? Porque o chão que iria pisar estaria minado por eles. Estaria vulnerável? Seria deles uma presa fácil?
O segredo me foi passado e ouvi a resposta que estava aguardando, vinda da forma mais primária e simplista como foram os ensinamentos deixados por Jesus quando aqui esteve:
'Estar na presença de Deus mais e mais no meu dia-a-dia, fortalecendo-me ainda mais e deixando minha vida nas Suas mãos para que Ele me revelasse os segredos dos tais gigantes a fim de vencê-los.'
Essas seriam então as minhas armas, simples aparentemente, mas com perigosos efeitos colaterais se não fossem levadas a sério!
Posso garantir que não fui dominada pelos gigantes que apareceram no nosso caminho e dessa forma, eu e outras pessoas , não fomos atingidos pelos perigos que nos rondavam, pois o Senhor, com Sua forte mão, segurou todos os gigantes que cruzaram nossos caminhos, especialmente os meus!
Este foi e tem sido o meu grito de guerra: 
- 'Vocês, mundo e diabo, saibam que pertenço a Jesus!'
Levamos alegria saudável aos que nos ouvem e estou certa de que Deus tem estado comigo, pois com a ferramenta 'microfone' tenho aproveitado para mostrar o quanto Jesus é importante na minha vida!"


Não somente Yara tem sido uma amizade resgatada pela Internet, através do Facebook, mas também o casal que aparece na foto com ela e Ramón. Por viverem não longe um do outro, mesmo vivendo na Finlândia tratei de uni-los, idéia que foi bem-sucedida, haja vista a alegria expressa no rosto de cada um durante o primeiro  encontro que tiveram. Falta agora unir-me a esses bons amigos em uma próxima visita ao Brasil, se Deus permitir.

Talvez o que Yara escreveu em um comentário sobre tema parecido com o desta postagem - "A semente fica" - seja a conclusão mais acertada para a pergunta que em um sentido coloquei no início desta.

Yara e Ramón no youTube, um dos vídeos:

https://www.youtube.com/watch?v=QB4bFHQHgag

__________________________________________

L*i*n*k*s

Nos embalos dos anos 50... bem poderia ser chamada
a meditacão abaixo, que escrevi no meu livro "Edificação
Diária", enfocando ELVIS PRESLEY e PAT BOONE, celebridades
da época, no Dia do Cantor.

Link para o livro, agora online:

www.paulofranke-edificacaodiária.blogspot.com





























































Sobre Witney Houston:


Sobre John Lennon e seu contato na infância com o Exército de Salvação:





"Eu a vi nos Açores, a cores":










____________________

Próxima - excelente! - postagem:

"Celulares, tablets, smartphones... e a Bíblia"

____________________

07 maio, 2014

Dia das Mães / Aposentadoria Anneli/ Poemas e Meditacões


No Dia das Mães, homenageando uma filha...

Sempre que nos lembramos de nossa mãe, especialmente daquelas que já não estão mais entre nós, somos rodeados de belas recordações de diferentes fases de sua vida. Sentimos sua falta, sim, em qualquer idade, mas permanecem a gratidão e a saudade grandes.
Com Maria (foto), uma senhora russa que frequenta o Exército de Salvação aqui em Hämeenlinna (sul da Finlândia), não acontece o mesmo. Apesar de ser uma pessoa idosa, a doce figura de sua mãe é lembrada, com saudade, sim, mas através do momento em que dela se separou, ainda menina. Quando os nazistas chegaram a Leningrado (hoje São Petersburgo), simplesmente levaram sua mãezinha, sem explicação, e Maria chorando a viu sendo arrastada pelos cruéis soldados e nunca mais dela soube notícia. 

Quantas Marias, filhas e mães, existem neste mundo de guerras e crueldades, ainda hoje!



A propósito, estão aí os noticiários no momento dando ênfase ao sequestro das estudantes nigerianas. Usemos o espaço em branco abaixo para orar para que o pedido de tantas mães e pais  - Tragam de volta nossas meninas! -seja atendido o mais rápido possível. 
Oremos por alguns segundos neste sentido...

"
"
"
"
"
"
"
"
"
"
"
"
"
"
____________________________



Anneli aposenta-se neste Dia das Mães de 2014. Foram décadas de serviço ativo como oficial do Exército de Salvação, desde seu comissionamento  em Nova York até Hämeenlinna, sua última nomeação aqui na Finlândia, sua terra natal. Abaixo, publico a mesma foto das cidades onde servi a Deus. Casados há 40 anos, começamos em Curitiba-PR a nossa vida matrimonial, familiar e de serviço a Deus. 
Anneli atualmente, como única filha mulher vivendo relativamente perto de sua mãe, Martta, tem dado atenção e cuidado constantes a ela, que tem 90 anos e mora na capital Helsinki, distante 95km de onde vivemos. 























Quando trabalhamos no Lar de Meninos de Joinville-SC, tivemos a incumbência de, além das múltiplas tarefas que administrar um orfanato exigia, também escrever um livro de meditações. Fiquei contente que a tarefa seria compartilhada. Mas Anneli adoeceu gravemente e escreveu somente 17 meditações para o livro "Edificação Diária", enquanto que eu precisei escrever as 348 + 17 = 365 para perfazer um ano (link para as meditações online abaixo).

As meditações que escreveu ainda hoje têm sido apreciadas por outras mulheres, especialmente, por exemplo:





































Minha saudosa mãe vou homenagear no dia do seu aniversário, pois este ano completaria 100 anos, no dia 3 de junho! Dentro de sua Bíblia encontrei um dos textos mais bonitos que, na minha opinião, existe sobre Mães. Confira:




---------------------------------------


Às minhas leitoras que são mães ou às que ainda o serão - ou mesmo a todos para os quais este dia não passará em branco - desejo um feliz e abençoado
 DIA DAS MÃES.

************************

L *i *n *k *s

(No "Índice de todos os meus tópicos" - à direita ao acessar este blog1 - a cada mês de maio encontrará uma postagem com textos, meditações e poemas referentes ao Dia)

***

Copie os links abaixo e cole na sua barra de endereços:

*** 
Ritva Anneli Hämäläinen Franke

http://paulofranke.blogspot.fi/2007/06/ritva-anneli-hmlinen-franke.html

***
"Edificação Diária" online

www.paulofranke-edificacaodiária.blogspot.com

***
Leia também no meu blog4 o excelente artigo escrito por GLADYS HOFER para o Dia das Mães, 
"Manequins"

www.paulofranke-sermoesantigos.blogspot.com

-----------------------------------------

03 maio, 2014

AutógrafoS - Você Coleciona? - AutógrafoS

Respondo, de início... Não coleciono, mas tenho alguns interessantes.

De interesse para quem ama Israel...

O que me levou a esta postagem tem a ver com o feriado 1 de maio... Dia mais parado do que de costume, detive-me a navegar na Internet durante horas e, entre News e Facebook, procurei uma palavra em comum com tudo o que vi e li... E cheguei à conclusão de que o que mais me chamou a atenção tem a ver, direta ou indiretamente, com... autógrafos.



 A notícia dos 50 anos a ver com um rally nos EUA a favor dos judeus russos, exato no importante dia na URSS (1.5.64), levou-me a ler a respeito da libertação do "refusenik" Natan Sharansky, na foto com Shimon Peres, Yitzhak Shamir e Ariel Sharom por ocasião de sua chegada a Israel, em 1986.  (Sim, mas e daí?...)


Daí que... por enorme coincidência, o famoso judeu ucraniano e eu nos hospedamos no mesmo hotel, o Ramada Inn de Jerusalém, quando, com colegas oficiais americanos, fui a primeira vez a Israel, em abril de 1986.  (Vale a pena contar esta!). Um dia, ao tomar o elevador, reconheci Sharanski, que por sinal ocupava as manchetes mundiais por sua libertação da prisão russa e chegada vitoriosa em Israel. Conversamos e, quando ele chegou ao seu andar, atinei que eu não havia apertado o botão no andar do meu quarto. (Será que não se assustou?) Tive a presença de espírito, porém, de pedir-lhe um autógrafo, mesmo eu não tendo nem papel nem caneta comigo (coragem a minha!). Bondosa e humildemente, foi ao seu quarto e voltou com esta saudação que guardo com carinho até hoje (Lembranças aos amigos de Israel no Brasil... A.S.).
Mais a respeito do hoje político israelense, autor e ativista de direitos humanos no link abaixo.

ldkdndkdldldldjnmeoigäöå

De interesse para ginastas e acrobatas...



Em 1958, os Zugspitz Artisten, acrobatas alemães, na sua turnê pelo Brasil, visitaram Pelotas-RS. e fui vê-los atravessarem de um edifício a outro, inclusive de moto. Quando terminaram o show, comprei seus postais e aproveitei para pedir autógrafo para um deles. (Interessante que Anneli menina, com sua irmã Riitta, levadas por seu pai, também estava assistindo ao mesmo show, mas não nos encontramos no meio da multidão, o que só aconteceu de fato em 1972.)

ökjdhrnspiwemnbsuiåå

De interesse para cinéfilos...




No passatempo típico da década de 50, recebíamos fotos de artistas direto do estúdio de Hollywood até nossa casa. Os autógrafos eram impressos nas fotos - Marlon Brando, pra ser diferente, não autografou a sua - enquanto que James Stewart assinou (a ponto da assinatura borrar com saliva)...


... justo ele, na foto com sua esposa Gloria, um dos únicos atores, idem Ricardo Montalban, que conheci na Rose Parade 
em Pasadena, na única vez em que fui à Califórnia.


Outros artistas que me alegraram o coração adolescente quando, a meu pedido, suas fotos chegaram!


Glória de Haven, uma das únicas de quem recebi um autógrafo nominal! E Jeffrey Hunter - o Jesus do filme "Rei dos Reis" - além da foto, mandou um cartão de agradecimento.



Muitos anos depois tive a alegria de visitar Hollywood, a "indústria dos sonhos", e ver assinaturas, mãos e pés de muitos artistas "do meu tempo".



Sem esquecer de fotografar Norma Shearer, cujo nome meus pais deram à saudosa irmã mais velha...


E falar na saudosa irmã, a foto autografada que ela recebeu de Ronald Reagan, o ator que se tornou presidente dos EUA.

äkenkofswinböåä


De interesse para salvacionistas...



Possuo alguns autógrafos de salvacionistas destacados, salientando o do General Erik Wickberg, o primeiro acima à esquerda. De fato, de minha esposa, que pediu a ele no congresso mundial em 1964.
(A caneta "autografada" foi adquirida no Museu Hans Christian Andersen, na cidade onde nasceu o famoso contador de histórias dinamarquês, Odense).


Na foto, tirada no final do curso do ICO, em Londres, apareço (com meu bom cabelo da época) com o chefe mundial do The Salvation Army, na época o sueco ERIK  WICKBERG, em 1973. Anos mais tarde na revista "O Oficial", publiquei uma história ligada a ele e intitulada "O Serviço 'Secreto' do General Wickberg":

"Foi em 1933 e o capitão Wickberg, de 29 anos, trabalhava na Áustria. Naquela época, o trabalho salvacionista na Áustria era supervisionado pela Alemanha, com o quartel-general em Berlim. Devido à tensão existente antes do Anschluss, quando Hitler invadiu a Áustria, não era fácil para os alemães obterem vistos de saída. Sendo que Wickberg possuía o passaporte sueco, de um país neutro, foi-lhe pedido por seu superior realizar uma tarefa delicada que exigia coragem.

"Certos rumores precisavam ser investigados e decisões importantes deveriam ser tomadas. Como o contato com Berlim não seria possível, Wickberg foi a Viena no lugar de seu líder, com a autoridade da sede da obra em Londres para apoiá-lo. E assim os temores foram confirmados. Descobriu-se que um tenente salvacionista era membro do partido nazista e usava o uniforme das tropas de storm. Wickberg imediatamente desfez a nomeação do tenente e o enviou para casa, na Alemanha, no primeiro trem disponível."


klwghqpchåssmzä


De interesse para nós, brasileiros...



O dia 1 de maio marcou os 20 anos da morte de Ayrton Senna, dia que certamente a maioria de nós se lembra. Li, então, que Felipe Massa se  recorda de uma experiência de menino. No mesmo restaurante que Ayrton, ele e outro amiguinho pediram-lhe autógrafo, que negou... Mas sem guardar mágoa, conta que sempre admirou Senna (vi no Youtube que Ayrton em entrevista se refere a esta recusa a Massa).

A propósito de menino pedindo algo, não autógrafo, a um presidente, finalizo esta postagem com um recorte de uma antiga VEJA :


---------------------------

L i n k s:

https://www.jewishvirtuallibrary.org/jsource/biography/sharansky.html#top

http://www.jns.org/latest-articles/2014/4/18/50-years-on-remembering-the-rally-that-launched-the-soviet-jewry-movement#.U2K02fmSziu

---------------------------